Dissertação

{pt_PT=Avaliação do desempenho físico de argamassas térmicas em protótipos de parede} {} EVALUATED

{pt=Actualmente a preocupação com o impacto ambiental no sector da construção e com o consumo de energia é cada vez maior. A necessidade de melhorar as condições de conforto térmico e diminuir os custos inerentes ao consumo de energia tornou-se um requisito na construção de edifícios. Neste sentido, as tecnologias dos revestimentos de parede tendem a evoluir para cumprir as exigências térmicas. As argamassas de desempenho térmico melhorado com incorporação de agregados isolantes surgem para cumprir tais requisitos. Na presente dissertação são estudadas argamassas de desempenho térmico melhorado para melhor compreender o seu comportamento físico. Assim, foram produzidos nove tipos de argamassas, com diferentes composições e tipos de agregados (argila expandida, granulado de cortiça, aerogel de sílica e EPS), sendo seis formulações doseadas em laboratório, com adição de adjuvantes, e três de concepção industrial. Estas argamassas foram aplicadas em provetes, modelos de tijolo e protótipos de parede. Realizaram-se medições de temperatura e humidade superficiais e do teor de água, ensaios de condutibilidade térmica, de caracterização do comportamento térmico, de permeabilidade à água líquida sob baixa pressão, de absorção de água por capilaridade e de secagem. Efectuou-se um estudo comparativo entre os resultados das diferentes propriedades analisadas. Após análise dos resultados, verificou-se, como esperado, que as argamassas com agregados isolantes apresentam menor massa volúmica no estado fresco e condutibilidade térmica que as argamassas convencionais constituídas por areia. As argamassas industriais apresentam maior estabilidade nos resultados obtidos. Concluiu-se também que a aplicação das argamassas influencia o seu desempenho físico., en=Currently, the concerns with the environmental impact in the construction sector and the energy consumption are increasing. The necessity of improving the thermal comfort conditions and reducing the costs of energy consumption became a requirement in building construction. In that way, the technologies of claddings tend to evolve to accomplish the thermal requirements. The improved thermal performance mortars with insulating aggregates accomplish such requirements. In the present dissertation, mortars with improved thermal performance are studied to help to deepen the knowledge about their physical behavior. Nine types of mortars, with different composition and types of aggregates (expanded clay, granulated cork, silica aerogel and EPS) were produced, being six of them dosed in laboratory, with incorporation of adjuvants, and the other three made industrially. Those mortars were applied on specimens, brick models and wall prototypes. Measurements of surface temperature and humidity, water content, thermal conductivity, water absorption under low pressure, drying index and thermal behavior characterization tests were performed to all mortars. In the end, the obtained results for all the properties tested were compared and analyzed. After analyzing the results, it was possible to conclude that the mortars with insulating aggregates have lower bulk densities in the fresh state and thermal conductivity than conventional mortars with sand, as expected. The results of industrial mortars have more stability than the results of dosed in laboratory mortars and the mortar’s application influences their physical performance.}
{pt=Argamassas térmicas, Comportamento físico, Protótipos de parede, Agregados isolantes térmicos, Aerogel, Condutibilidade térmica, en=Thermal mortars, Physical behaviour, Wall prototypes, Thermal insulating aggregates, Aerogel, Thermal conductivity}

Novembro 13, 2017, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria da Glória De Almeida Gomes

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Inês Dos Santos Flores Barbosa Colen

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado