Dissertação

{pt_PT=“Why CO2-rich mineral waters present peculiar signatures, when compared with other types of mineral waters? Vidago - Pedras Salgadas case study” } {} EVALUATED

{pt=Numerosos estudos hidrogeológicos e hidrogeoquímicos incidiram sobre as águas minerais ricas em CO2 na região de Vilarelho da Raia-Pedras Salgadas do Norte de Portugal, que apresentam diferenças marcantes nas assinaturas fisicas, geoquímicas e isotópicas das águas minerais frias (17°C) e quentes (até 76°C) ricas em CO2 nessa região. As assinaturas peculiares nessa região são observadas através do total de sólidos dissolvidos (TDS mg/L) mais elevados exibidos nas nascentes frias de Vidago e Pedras Salgadas em comparação com nascentes quentes de Chaves. Tipicamente, nas nascentes de água mineral sem CO2, os valores de TDS e temperatura mostram uma correlação positiva devido ao aumento da interação água-rocha a altas temperaturas. Estudos de aproximadamente trinta sistemas de água mineral rica em CO2 foram coligidos para encontrar similaridades nas ocorrências deste fenómeno. Os sistemas com nascentes quentes e frias, e com valores de TDS mais elevados nas nascentes mais frias, mostraram que o fator primordial para essa diferença pode ser devido ao aumento da interação água-rocha a baixas temperaturas com a presença de CO2 na água, particularmente em rochas graníticas (como na região de Vilarelho da Raia-Pedras Salgadas). Este estudo integrou o desenvolvimento de um modelo conceitual hidrogeológico abrangente de sistemas de água mineral ricos em CO2; Tipo 1, dominado por granitos, Tipo 2, dominado por rochas sedimentares, e Tipo 3, dominado por rochas metasedimentares e metamórficas; nesse modelo foram delineados com base na geologia e nas características geoquímicas que a água obtém desde a recarga até à zona de descarga. , en=Numerous studies have analysed the CO2-rich mineral waters within the Vilarelho da Raia–Pedras Salgadas region of North Portugal, which show marked differences in the geochemical and isotopic signatures of cold (17°C) and hot (up to 76°C) CO2-rich mineral waters in this region. Peculiar signatures in this region are seen through the higher total dissolved solids (TDS mg/L) displayed in the colder Vidago and Pedras Salgadas springs compared to the hot Chaves springs. Typically, in mineral water springs without CO2, TDS and temperature show a positive correlation due to the increased water-rock interaction at high temperatures. Studies of around thirty CO2-rich mineral water systems were collated to find further occurrences of this phenomenon. Systems with both hot and cold springs, and a higher TDS in the colder springs, showed the most important factor for this difference may be due to the increased water-rock interaction at low temperatures with the presence of CO2 in water, particularly in granitic rocks (as in Vilarelho da Raia–Pedras Salgadas region). This study integrated the development of a comprehensive hydrogeological conceptual model of CO2-rich mineral water systems. Three types of systems: Type 1, dominated by granites, Type 2, dominated by sedimentary rocks, and Type 3, dominated by metasedimentary and metamorphic rocks, were outlined based upon the geology and geochemical characteristics that the water obtains from recharge to discharge. This conceptual model can be used as a base to help define a hydrogeological system, and may be an important tool for the future of hydrogeological studies. }
{pt=águas minerais ricas em CO2, geoquímica, isótopos ambientais, interação água-rocha, modelos hidrogeológicos conceptuais., en=CO2-rich mineral waters, geochemistry, environmental isotopes, water-rock interaction, hydrogeological conceptual models.}

Dezembro 4, 2017, 10:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José Manuel Vaz Velho Barbosa Marques

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Paula Maria Mimo Carreira Paquete

Departamento de Engenharia e Ciências Nucleares (DECN)

Investigador Auxiliar