Dissertação

{pt_PT=Vulnerability of the drinking water aquifer in and around the new Lisbon Airport to NAPL contamination} {} CONFIRMED

{pt=A construção de um novo aeroporto internacional no Montijo a 30 km de Lisboa, assim como a construção das infraestruturas associadas, constituirá um foco de pressão sobre a quantidade e qualidade dos recursos hídricos subterrâneos nesta região, mais concretamente, no aquífero da Margem Esquerda da Bacia do Tejo Sado. Este aquífero multicamada muito produtivo é a origem de água para as atividades socioeconómicas da península de Setúbal. De acordo com o plano atual, os acessos ao aeroporto localizam-se em áreas de proteção de origens de água para abastecimento público. A presente tese pretende estimar a vulnerabilidade das camadas aquíferas mais produtivas à contaminação associada à presença de um aeroporto. A metodologia considerada teve por base a modelação de hidrocarbonetos em fase não dissolvida, nomeadamente fases leves (LNAPL) e fases densas (DNAPL), aplicada a um modelo estratigráfico tridimensional. Refira-se que estes contaminantes são de difícil remoção da água e do solo, sendo praticamente impossível a requalificação do meio às condições iniciais. Os resultados da modelação incluem mapas de concentração dos contaminantes em profundidade e no tempo. Foi possível concluir que as atividades no interior da área do aeroporto não colocam em risco o sistema aquífero, no entanto, na área norte e sudeste da área estudada, um derrame acidental de LNAPLs e DNAPLs poderá pôr em causa a qualidade da água para abastecimento público. Na área Este verifica-se que o aquífero é vulnerável apenas à contaminação por DNAPL., en=A new civil airport will be developed in Montijo, 30km south of Lisbon. The airport may pose a contamination risk for the underlying aquifer system, an important water source. Airports are a source of many contaminants- hydrocarbons, heavy metals etc. The objective is to estimate the vulnerability of the main aquifer to hydrocarbon contamination due the airport and related infrastructure; specifically oils or non- aqueous phase Liquids (NAPLs). Vulnerability is a property of the aquifer and depends on geology. Unlike soluble contaminants, NAPLs flow independently from water. So, methods like DRASTIC or AVI are unsuitable for assessing vulnerability to NAPLs. The objective has been achieved through stratigraphic modelling and subsequently, 1-D hydrocarbon flow modelling at numerous points representing different geologies. These were used to obtain contaminated depth maps and contaminated strata maps. The factors affecting the depth, amount and rate of contamination spread were studied using the hydrocarbon flow model. Mass densities of NAPLs can be lower (LNAPL) or higher than water (DNAPL). It creates prominent differences in subsurface flow patterns for different NAPLs. So, vulnerability to LNAPLs and DNAPLs has been assessed separately by using the most abundant airport contaminant from each category as a proxy to study their respective categories. It was found that activity within the airport premises does not risk the region’s main aquifer. The aquifer is vulnerable to both LNAPLs and DNAPLs in Northern and South-Eastern parts of the study area, while the eastern part of the study area is vulnerable to only DNAPL contamination.}
{pt=Novo aeroporto de Lisboa, NAPL, MOFAT, Sistema aquifero do Tejo-Sado, modelo van Genuchten, en=New Lisbon Airport, NAPL, MOFAT, variably saturated media, Van Genuchten model, 1-D flow}

Setembro 4, 2019, 14:30

Orientação

ORIENTADOR

Maria Teresa Condesso de Melo

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Colaborador Docente

ORIENTADOR

Nuno Miguel de Jesus Barreiras

Civil, Engenharia, Respostas e Inovação para a Sustentabilidade (CERIS)

ORIENTADOR

João Nuno da Palma Nascimento

Civil, Engenharia, Respostas e Inovação para a Sustentabilidade (CERIS)