Dissertação

{pt_PT=Influência da interface agregado-pasta no comportamento mecânico de betões estruturais de agregados leves} {} EVALUATED

{pt=A presente dissertação tem como objectivo o estudo da influência da região de interface agregado-pasta (ITZ) no comportamento mecânico de betões estruturais de agregados leves (BEAL), tendo em consideração diferentes tipos de agregado, condições de cura dos betões e condições de molhagem inicial dos agregados. Para tal, foi realizada uma extensa campanha experimental, que envolve ensaios de caracterização mecânica e de aderência agregado-pasta, complementados por análises qualitativas de microscopia electrónica de varrimento. O comportamento dos BEAL é comparado com o de betões convencionais produzidos com diferentes tipos de agregados de massa volúmica normal (BAN). Na produção dos betões foram considerados três tipos de agregados leves de porosidade distinta e dois tipos de agregados de massa volúmica normal correntes. Os agregados leves de maior porosidade foram sujeitos a diferentes condições de molhagem inicial, de modo a analisar a sua influência na qualidade da ITZ. Foram ainda analisados betões sujeitos a cura húmida e a condições severas de secagem. O estudo envolveu betões correntes da classe LC25/28 a LC40/44, no caso dos BEAL, e da classe C35/45 a C40/50 no caso dos BAN. Os betões foram caracterizados mecanicamente em termos de resistência à compressão, resistência à tracção por compressão diametral e resistência à tracção axial. Em geral conclui-se que a forma como a ITZ influencia o comportamento mecânico do betão depende do tipo de agregado, constatando-se que os betões com agregados de maior porosidade e menor teor de humidade inicial tendem a desenvolver ITZs de melhor qualidade e ligações agregado-pasta mais fortes., en=The present paper is devoted to study the influence of the interfacial aggregate-paste transition zone (ITZ) on the mechanical behaviour of structural lightweight aggregate concrete (SLWAC), taking into account different types of aggregates, concrete curing conditions and aggregate’s pre-wetting conditions. Therefore, an extensive experimental campaign was carried out, involving mechanical characterization and aggregate-paste adhesion tests, complemented by qualitative analyses of scanning electron microscopy (SEM). The behaviour of SLWAC is compared to that of normal weight concrete (NWC) produced with different types of normal weight aggregates. Three types of lightweight aggregates of distinct porosity and two types of normal weight aggregates were considered in concrete production. Lightweight aggregates of higher porosity were subjected to different initial wetting conditions, in order to analyse their influence on the ITZ’s quality. Concretes subjected to moist-curing and severe drying conditions were also analysed. The most common structural concrete with compressive strength classes from LC25/28 to LC40/44 in SLWAC and from C35/45 to C40/50 in NWC were covered. The concretes were mechanically characterized, in terms of compressive strength, splitting tensile strength and direct tensile strength. In general, it is concluded that the way ITZ influences the mechanical behaviour of concrete depends on the type of aggregate. It was found that concretes with aggregates of higher porosity and lower initial water content tend to develop ITZs of better quality, with stronger aggregate-paste bonds. The better quality of the ITZ in lightweight aggregates of higher porosity was shown by mechanical tests and SEM analysis. }
{pt=Zona de interface agregado-pasta (ITZ), agregados leves, resistência mecânica, aderência agregado-pasta, betões estruturais de agregados leves, en=Interfacial transition zone (ITZ), lightweight aggregates, mechanical properties, aggregate-paste bond, structural lightweight aggregate concrete}

Junho 25, 2018, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José Alexandre De Brito Aleixo Bogas

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Ana Mafalda Saldanha Guedes

Instituto Politécnico de Setúbal - Escola Superior de Tecnologia do Barreiro

Professor Adjunto