Dissertação

{pt_PT=Influência da presença de fendilhação na durabilidade de betões estruturais de agregados leves face a betões de massa volúmica normal} {} EVALUATED

{pt=Esta dissertação tem como objetivo a avaliação da influência de fendilhação na durabilidade de betões estruturais de agregados leves (BEAL) e o seu comportamento face a betões de massa volúmica normal (BAN). Este estudo tem como base uma extensa campanha experimental que abrange a realização de ensaios de caracterização mecânica (resistência à compressão) e de durabilidade (absorção capilar, permeabilidade ao oxigénio, carbonatação e penetração de cloretos). Para este estudo são considerados dois tipos de agregados leves de porosidade muito distinta (Stalite e Leca) e pastas de diferente compacidade, de modo a ser possível abranger BEAL de várias classes de resistência e massa volúmica. Os betões são sujeitos à prévia indução de fendas naturais (ensaios mecânicos) ou fendas artificiais (“Notch method”), sendo possível comparar o desempenho dos betões quando sujeitos a estes diferentes tipos de fendilhação. Os resultados obtidos permitem concluir que, exceto para a difusão de cloretos, a influência de fendas artificiais nas propriedades de durabilidade estudadas não foi significativamente afetada pelo tipo de agregado. Nos betões sujeitos a fendas naturais ocorreu uma maior participação dos agregados mais porosos, conduzindo a uma maior influência da fendilhação na durabilidade dos BEAL. Na carbonatação e penetração de cloretos foi observado uma relação linear entre as propriedades de difusão e a abertura de fendas, tendo em conta fendas artificiais entre 0,1 e 0,3 mm. No entanto, a variação da abertura de fendas assumiu maior relevância para fendas inferiores a 0,1 mm., en=This dissertation aims to evaluate the influence of cracking on the durability of structural lightweight aggregate concrete (LWAC) and its behavior compared to normal weight aggregate concrete (NWAC). This study involves an extensive experimental campaign, which comprises mechanical (compression strength) and durability characterization tests (capillary absorption, oxygen permeability, carbonation resistance and chloride penetration). For this study, two types of lightweight aggregates (LWA) with very different porosities (Stalite and Leca) and pastes of different compactness were considered, in order to cover LWAC of various strength and density classes. Concretes were previously subjected to the induction of natural cracks (mechanical tests) or artificial cracks (“Notch method”), being possible to compare the performance of concrete subjected to these different types of cracking. The obtained results allow us to conclude that, except for chloride diffusion, the influence of artificial cracks on durability was not significantly affected by the type of aggregate. For concrete subjected to natural cracking, there was a greater participation of more porous aggregates, leading to a higher cracking influence on the LWAC durability. For carbonation and chloride penetration a linear relationship between the diffusion properties and crack opening was found, taking into account artificial cracks between 0,1 and 0,3 mm. However, crack opening variation had greater relevance for cracks lower than 0,1 mm.}
{pt=Durabilidade, Betões estruturais de agregados leves, Fendilhação, Propriedades de transporte, Ataque de cloretos, Carbonatação, en=Durability, Structural lightweight aggregate concrete, Cracking, Transport properties, Chloride attack, Carbonation}

Junho 12, 2018, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José Alexandre De Brito Aleixo Bogas

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Ana Mafalda Saldanha Guedes

Instituto Politécnico de Setúbal - Escola Superior de Tecnologia do Barreiro

Professor Adjunto