Dissertação

{pt_PT=Estudo do comportamento face aos sais de rebocos de cal aérea com agregado calcário} {} EVALUATED

{pt=Os rebocos dos edifícios antigos, normalmente constituídos por argamassas de cal aérea, apresentam-se muitas vezes deteriorados, sendo os sais solúveis uma das suas principais acções agressivas. No entanto, muitas das intervenções de renovação destes rebocos não são bem sucedidas, devido ao actual desconhecimento da tecnologia antiga de execução destes rebocos. Os agregados calcários eram usados nos rebocos antigos, sobretudo na camada de acabamento. Estudos anteriores sugerem um melhor desempenho mecânico associado à utilização destes agregados. Desconhece-se no entanto a sua influência na resistência à acção aos sais solúveis. Este trabalho tem como objectivo avaliar o desempenho dos rebocos face a esta acção agressiva em resultado da substituição de agregados siliciosos por calcários e à presença da camada de acabamento num reboco de duas camadas. Para este efeito foram produzidas quatro argamassas, duas com traços semelhantes aos tradicionalmente utilizados na camada de base e duas com traços semelhantes aos tradicionalmente utilizados na camada de acabamento. Cada uma destas tipologias continha uma argamassa de areia exclusivamente calcária e outra com uma mistura homogénea de areia calcária e areia siliciosa. Foram produzidos provetes prismáticos de 40x40x160mm para avaliação das propriedades físicas e mecânicas das argamassas. Foram ainda produzidos rebocos de uma e duas camadas aplicados sobre bases de alvenaria para realização dos ensaios de sais. Os resultados permitiram concluir que as argamassas com agregado calcário têm potencial para aumentar a resistência aos sais dos rebocos de cal aérea, sobretudo se os rebocos forem constituídos por duas argamassas produzidas com diferentes traços volumétricos. , en=The present paper intends to improve the knowledge of the carbonate aggregate influence on rendering mortars water transport behavior and their resistance to the damaging action of salt crystallization. Four different mortars were studied: two undercoat mortars with a 1:2 binder/ aggregate volumetric proportion and two topcoat mortars with a 1:1 binder/aggregate volumetric proportion, which were applied on masonry prototypes. Within the mortars of each layer, one was made only with limestone aggregate whereas the other was made with an equal proportion of limestone and siliceous aggregate. The undercoat mortars were also applied as one-coat systems to understand the influence of the topcoat. The limestone aggregate was calibrated to match the siliceous sand grading curve. Physical and mechanical tests such as flexural/compressive strength, water absorption by capillarity, water vapor permeability and drying behavior were performed on prismatic 40x40x160 mm specimens. A salt crystallization test was conducted on the masonry prototypes in order to evaluate the degradation evolution of the applied mortars. It was concluded that while in terms of render´s durability mortars made exclusively with carbonate aggregate undergo a higher degree of degradation, causing the visual aspect of the render to worsen more rapidly, they are on the other hand more efficient and successful in retrieving the salt solution from the support to the render’s surface.}
{pt=resistência aos sais, agregado calcário, argamassa de cal aérea, camada de acabamento., en=air lime mortars, carbonate aggregate, soluble salt crystallization, old buildings, topcoats}

Junho 12, 2018, 14:0

Orientação

ORIENTADOR

Rita Maria Vilela Nogueira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

José Alexandre De Brito Aleixo Bogas

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar