Dissertação

{pt_PT= A participação de comunidades locais em projetos de regeneração urbana. Análise de casos de estudos em Lisboa e São Paulo} {} EVALUATED

{pt=Como podem os moradores de uma área urbana ter influência nas alterações ao ambiente que os rodeia? Esta é a pergunta que está na génese desta dissertação. Atualmente, e cada vez mais, políticas públicas e a sua definição requerem a participação da sociedade civil para a sua aprovação, legitimação ou para, de alguma forma, tomar melhores decisões, e as políticas urbanas não são exceção. É necessário clarificar o como, quem, quando e onde da participação da comunidade local na regeneração urbana, assim como encontrar modelos para a sua avaliação. A análise da bibliografia especializada revela vários conceitos e práticas relevantes, no entanto não identifica um modelo suficientemente abrangente para avaliar a complexidade dos processos participativos. É estabelecido um modelo próprio, com a intenção de ser mais amplo na análise, para a avaliação de dois casos em desenvolvimento, um em São Paulo e outro em Lisboa. Recorrendo a análise documental, observação direta e depoimentos dos atores, parte-se para a análise das duas amostras. Os resultados da pesquisa permitem conhecer as várias componentes dos processos participativos na regeneração urbana e determinar boas práticas e potenciais problemas. Como efeito colateral positivo pretende-se estimular a discussão nas duas estruturas participativas analisadas e em futuras estruturas deste tipo., en=How can residents of an urban area influence the development of their surrounding? That is the question which generates this Master thesis. Nowadays, more and more public policy requires civic participation for approval, legitimization or to make better decisions on some matter. And urban policy is no exception. It is necessary to clarify the how, who, when and where of urban development participation, such as to define models for its evaluation. The literature review reveals a varied range of relevant concepts and practices, though it does not reveal a comprehensive model to evaluate the complexity of participatory processes. A new model is established, with the aim of making a broader analysis, for the evaluation of two developing case studies, one in São Paulo and the other in Lisbon. Through document analysis, direct observation and statements from the stakeholders, the two samples are evaluated. The results of the thesis allow the acknowledgement of the different components of participatory processes in the field of urban regeneration, as well as of the limit some good practices and potential problems. As a positive side effect, it is intended to stimulate the discussion in the two analysed and future structures of a kind.}
{pt=Comunidades locais, participação pública, regeneração urbana, planeamento comunitário, estruturas participativas, técnicas participativas, en=Local communities, public participation, urban regeneration, community planning, participatory structures, participatory techniques}

Junho 14, 2018, 10:0

Orientação

ORIENTADOR

Maria Joana Coruche de Castro e Almeida

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Caio Santo Amore de Carvalho

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo

Professor Doutor