Dissertação

{pt_PT= Constrained 4D Elastic Seismic Inversion: Assessing Workflows Efficiency on Real Data} {} EVALUATED

{pt=A informação sísmica 4D é utilizada hoje em dia na indústria como uma ferramenta fundamental para monitorizar o movimento de fluidos dentro do reservatório e para fazer a distinção entre regiões do reservatório drenadas e não drenadas. A utilização destes mesmos dados de sísmica 4D para monitorizar as propriedades elásticas do reservatório em produção fornece informação com uma resolução espacial considerável acerca de mudanças nas propriedades elásticas do reservatório. A caracterização dessas mudanças torna-se útil para melhorar a validade dos modelos dinâmicos e, consequentemente, permitir uma melhor gestão do reservatório. O objectivo final tem em conta melhorar quantitativamente os modelos do reservatório, particularmente a sua capacidade preditiva através de mapas derivados de atributos sísmicos 4D que podem ser obtidos por meio de varias técnicas de inversão sísmica 4D. O presente trabalho pretende experimentar e avaliar diferentes metodologias gerais para inversão elástica 4D, bem como introduzir informação geológica como uma restrição para guiar os processos de inversão estocástica a resultados compatível com os modelos petrofísica. Esta tese avalia três metodologias diferentes: uma inversão clássica das diferenças entre volumes de sísmica alinhados em tempo, a inversão independente de cada volume de sismica e subsequente diferenciação entre os modelos elásticos obtidos e por fim uma terceira metodologia que utiliza os modelos elásticos obtidos através da inversão independente do volume de sísmica mais recente como modelo inicial na inversão do volume de sísmica pré-produção, criando uma dependência entre os modelos resultantes. , en=Time-lapse seismic monitoring is nowadays a reliable tool to monitor fluid movements and to distinguish between drained and undrained portions of a reservoir. Using time-lapse seismic to monitor the changes in reservoir elastic properties can provide spatially resolved changes inside the reservoir, these changes become useful to improve the validity of fluid-flow models and consequently allow for better decision making and risk management. Its ultimate goal is to quantitatively improve reservoir models, particularly their predictive capability though time-lapse derived maps of the relative changes in reservoir elastic properties. These time-lapse elastic properties can be obtained through several 4D inversion techniques. The present work intends to experiment three different workflows to conduct elastic 4D seismic inversion as well as introducing geological information as an elegant constraint in the stochastic inversion process. The first workflow is a classical inversion of the realigned differences, the second is the independent elastic inversion and subsequent differentiation of baseline and monitor elastic parameters and the third is the inversion of the monitor vintage to provide the initial model for the inversion of the base, the resulting models are subtracted to obtain the respective 4D elastic models. The comparison between each workflow demonstrates the key parameters in which the quality of results relies the most as well as the inherent issues related to each methodology, proving an opportunity to improve when all the effecting impacting parameters are properly analyzed and managed. }
{pt=Sísmica 4D, Inversão Estocástica Elástica, Monitorização de Reservatórios, en=Time-lapse Seismic, Stochastic Elastic Seismic Inversion, Reservoir Monitoring}

Janeiro 15, 2021, 15:30

Orientação

ORIENTADOR

Leonardo Azevedo Guerra Raposo Pereira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Pierre Thore

Total, SA

Especialista