Dissertação

{pt_PT=Groundwater quality constraints in the Vieira de Leiria – Marinha Grande aquifer: implications for further development under global changes} {} CONFIRMED

{pt_PT=Apesar da sua conhecida toxicidade, o arsénio nem sempre foi incluído como parâmetro obrigatório nas análises de qualidade da água para consumo humano. O arsénio é um contaminante geogénico natural das águas subterrâneas em muitos aquíferos à escala global e o consumo destas águas subterrâneas está associado a sérios problemas de saúde. O sistema aquífero costeiro de Vieira de Leiria - Marinha Grande em Portugal é a principal origem de água para consumo na região mas a sua exploração está atualmente muito condicionada devido às concentrações de arsénio, ferro e manganês. A água subterrânea chega mesmo a apresentar concentrações de arsénio acima do limite da água potável em Portugal (DWL) de 10 μg L-1 As, causando um potencial risco de saúde pública. Este aquífero apresenta contaminação adicional devido ao aumento constante das concentrações de cloretos durante os meses de verão. Os resultados confirmam uma origem geogénica para o arsénio, ferro e manganês, com origem associada à mineralogia, profundidade das captações e alteração das condições redox ao longo das principais direções de fluxo subterrâneo. A intrusão de água salgada ocorre em áreas costeiras, predominantemente na região norte, enquanto a parte central tem água doce que descarrega ao mar. De acordo com o estudo a construção de furos junto à costa deve ser limitada, para minimizar o risco de salinização. Existem também zonas onde a risco de encontrar arsénio nas águas subterrâneas é maior pelo que devem ser evitadas. , en_GB=Despite its well-known toxicity arsenic has not always been included as a standard parameter in water quality analyses. Arsenic is a natural geogenic groundwater contaminant found in many aquifers around the world and the consumption of groundwater from aquifers with arsenic mobilisation has led to serious health problems. The Vieira de Leiria-Marinha Grande coastal aquifer is the main drinking water supply in the region but it is currently under increasing constraints due to high arsenic, iron and manganese concentrations. The groundwater has concentrations of arsenic above DWL of 10 μg L-1 As, causing a potential health hazard. Further groundwater contamination occurs due to the steady increase of chloride concentrations during the summer months. This thesis is the first study to integrate stratigraphic, geochemical and hydrological controls on chloride and arsenic concentrations in the aquifer. Private and public water supply boreholes were sampled for groundwater parameters. ICP-MS was used to analyse samples for arsenic species, total arsenic as well as major-, minor- and trace elements, while ion chromatography was used to analyse anions. The water quality data was thereafter examined using geostatistical methods and geochemical modelling to understand the origin of arsenic and major geochemical patterns. Arsenic, iron and manganese are of geogenic origin with release predominantly triggered by a change in redox conditions across the aquifer flow path. Saltwater intrusion takes place in coastal areas but salinity increase can also be of geogenic source (salt diapir). The thesis analyse these results in the context of water management for human health. }
{pt_PT=Águas Subterrâneas, Arsénico, Ferro, Manganês, Salinização, aquífero Vieira de Leiria – Marinha Grande, en_GB=Groundwater, Arsenic, Iron, Salinization, Water Management, Vieira de Leiria – Marinha Grande aquifer}

Setembro 6, 2019, 9:0

Orientação

ORIENTADOR

João Nuno da Palma Nascimento

Civil, Engenharia, Respostas e Inovação para a Sustentabilidade (CERIS)

ORIENTADOR

Maria Teresa Condesso de Melo

Civil, Engenharia, Respostas e Inovação para a Sustentabilidade (CERIS)

Especialista