Dissertação

{pt_PT=Análise de estabilidade em desmontes primários: caso do jazigo de Feitais} {} EVALUATED

{pt=A exploração mineira é uma atividade que acarreta grandes riscos e, por essa razão, torna-se cada mais importante reduzir os fatores de risco a esta inerentes, especialmente em ambiente subterrâneo. A análise de estabilidade de cavidades é preponderante no seu desenvolvimento visto que um incorreto dimensionamento pode originar graves acidentes a nível humano, material e/ou ambiental. Nesse sentido, o objetivo desta dissertação prende-se com a análise de estabilidade da nova geometria de bancadas proposta para a exploração de Zinco, de maiores dimensões que atualmente utilizada, no jazigo de Feitais (Mina de Aljustrel). No decorrer deste trabalho realizou-se a análise de estabilidade de dois diferentes cenários, sendo que o primeiro constitui a geometria anteriormente utilizada (12x20m) e o segundo uma nova geometria de câmaras de desmonte proposta pela empresa (15x40m), através de um método empírico (número de estabilidade modificado) e de um método numérico (modelação através do software RS2.). As conclusões retiradas do trabalho realizado indicam que o cenário com menor altura de bancada é mais estável do que o segundo cenário, de maiores dimensões. Não obstante, este último cenário, pode constituir também uma opção válida de exploração aliado a um correto dimensionamento de sustimento. , en=Mining exploitation is an activity which entails risks and, for that reason, it is of the most importance to reduce such risks, as well as the factors which lead to them, specially in underground environment. Cavity stability analysis is one of the most important steps towards a safety environment in underground mining, mostly because an incorrect design may originate severe human, environmental and material dangers. Bearing that in mind, the objective of this thesis is to analyse the new bench geometry, which were proposed for the zinc deposit exploitation in Feitais (Aljustrel Mine). Such analysis was conducted taking in account two different cenarios, where the first consists in the previously used geometry (12x20m) and the second in a new cavity geometry proposed by the company (15x40m). The analysis is made using an empiric method (modified stability number) and a numeric method (RS2 software modelation). Conclusions taken from this study indicate that the cenario where the height of the bench is smaller leads to a more stable situation than the second cenario, with bigger dimensions. Regardless, the second cenario may constitute a valid option as well, if taken in account a correct dimensioning of the artificial support. }
{pt=Exploração subterrânea, Mina de Feitais, Análise de estabilidade, Dimensionamento de sustimento., en=Underground mining, Feitais Mine, Stability analysis, Artificial support dimensioning.}

Junho 24, 2019, 10:0

Orientação

ORIENTADOR

Maria Matilde Mourão de Oliveira Carvalho Horta Costa e Silva

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Ana Raquel Sequeira Martinho Pedro

ALMINA - Minas do Alentejo, S.A.

Especialista