Dissertação

O Comportamento Humano na proximidade de instalações e operações ferroviárias. Implicações no dimensionamento das Intervenções EVALUATED

Atualmente assiste-se a um novo aumento da sinistralidade nos atravessamentos da via férrea em território nacional, nomeadamente nas passagens de nível e em particular nos locais não autorizados, com um impacto significativo na gestão das operações ferroviárias, de que resulta anualmente elevados atrasos e penalizações de comboios. O gestor das infraestruturas rodoferroviárias em parceria com as autarquias tem procedido a avultados investimentos na supressão dos atravessamentos de nível e construção de passagens desniveladas, o que traduz uma estratégia no reforço da segurança. Ao longo desta dissertação pretende-se explicar, no âmbito dos atravessamentos da via férrea, quais os fundamentos básicos das operações ferroviárias, relacionando-os com o comportamento humano na proximidade do caminho de ferro, e a implicação no dimensionamento das intervenções, bem como analisar de que forma as acessibilidades promovidas e o fenómeno de intrusão afetam a gestão das operações ferroviárias. O estudo desta questão é pertinente na medida em que reflete tendências atuais cuja observação, compreensão e intervenção se pode traduzir numa importante ferramenta para assegurar uma melhoria continua na gestão das infraestruturas e mobilidade das pessoas na proximidade da via férrea. Em termos científicos, a dissertação constitui um contributo para o aprofundamento de conhecimentos na área da problemática dos atravessamentos ferroviários, apresentando um forte carácter interdisciplinar por estabelecer uma ligação entre as intervenções e o comportamento humano.
Infraestruturas ferroviárias, Segurança, Trespassing, Atravessamentos de Nível, Comportamento Humano

Outubro 22, 2020, 12:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Paulo Manuel da Fonseca Teixeira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar