Dissertação

Análise Estatística para identificação de factores discriminantes de progressão da doença de Parkinson EVALUATED

A doença de Parkinson é a doença neurodegenerativa que mais afecta, a seguir à doença de Alzheimer, a população mundial, especialmente a mais idosa. Esta doença afecta o sistema motor (tremor, rigidez, lentidão de movimentos, instabilidade postural), não se conhecendo até à data nenhuma causa concreta do seu aparecimento. Sabe-se no entanto que existem doentes em que a doença progride mais rapidamente e outros em que a doença progride mais lentamente. Neste trabalho pretendem-se encontrar as principais características que permitem distinguir estes dois grupos, usando um modelo de Regressão Logística. Dado o elevado número de variáveis em estudo é feita previamente uma selecção¸ de variáveis, usando o método de Análise de Componentes Principais. Uma outra questão importante suscitada por este estudo, é a forma como se codificam certas variáveis associadas à avaliação de inquéritos, nomeadamente quando há que transformar em variáveis numéricas as variáveis avaliadas de acordo com uma escala de Likert. Muitas vezes a característica que se pretende estudar nesses inquéritos depende do tipo de perguntas que são feitas e do próprio sujeito respondente. Pelo que neste trabalho também se apresenta uma descrição matemática da relação entre a característica que se pretende estudar e a apetência do sujeito, recorrendo ao modelo Rasch.
Doença de Parkinson, Progressão, Modelos Rasch, Regressão Logística, Escala de Likert, Análise de Componentes Principais

Dezembro 20, 2011, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Ana Maria Nobre Vilhena Nunes Pires de Melo Parente

Departamento de Matemática (DM)

Professor Associado

ORIENTADOR

João António Branco

Departamento de Matemática (DM)

Professor Associado