Dissertação

Modelação da Despesa com Medicamentos nos Hospitais do Serviço Nacional de Saúde EVALUATED

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) português proporciona aos seus cidadãos serviços de saúde tendencialmente livres de custo. No entanto, a capacidade de fornecer serviços de saúde de qualidade, adequados e acessíveis é um desafio global de dificuldade crescente. Assim, torna-se cada vez mais importante assegurar a eficácia de custo nas despesas do SNS a fim de garantir a sua sustentabilidade. Com este trabalho pretende-se desenvolver um modelo para descrever e prever a despesa total com medicamentos nos hospitais portugueses. Este modelo destina-se a contribuir para definir, de forma informada, o orçamento que deve ser reservado para este tipo de consumo, permitindo uma melhor alocação de recursos. A despesa total foi agrupada nas cinco regiões NUTS II de Portugal continental. Desta forma, para cada região foram desenvolvidos dois modelos, um de frequência mensal e outro trimestral. Os modelos são regressões lineares com erros SARIMA que descrevem a despesa com medicamentos nos hospitais em cada região em função de respetivos indicadores demográficos, económicos e de utilização dos serviços de saúde. Estes modelos permitiram modelar de forma adequada a despesa total em Portugal e realizar previsões bastante satisfatórias sobre o gasto entre abril de 2015 e março de 2016. Foi ainda desenvolvida uma interface gráfica que permite uma interativa visualização dos dados e também torna mais fácil a realização das previsões da despesa futura. Assim, os modelos e aplicação desenvolvidos permitem fornecer ao Infarmed uma solução iterativa prática para fundamentar e suportar as opções de alocação de recursos para esta despesa.
Séries Temporais, Modelos de Regressão, Previsão, Visualização, Mercado Farmacêutico, Serviço Nacional de Saúde

Dezembro 15, 2016, 15:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria do Rosário De Oliveira Silva

Departamento de Matemática (DM)

Professor Auxiliar