Breve Introdução

O grande desafio em lidar com problemas complexos como a sustentabilidade é evitar ser como o homem com um martelo que vê pregos em todos os lados. Para vencer este desafio, este minor proporciona uma visão da sustentabilidade que integra perspectivas das ciências naturais, das ciências sociais, das engenharias e das humanidades, de duas formas:

- através de abordagens quantitativas de modelação comuns à Termodinâmica, à Economia e à Ecologia;

- através da abordagem da big history, em que inserimos a história da Humanidade na história do Universo e, começando com a Física, vamos introduzindo as diferentes disciplinas científicas à medida que o seu objectivo de estudo surge, finalmente atingindo as Ciências Sociais e Humanas.

Com esta visão integrada, os alunos irão abordar os grandes problemas da sustentabilidade : o que leva as sociedades ao colapso? quais são as causas da desigualdade? é o capitalismo a fonte da degradação ambiental? para atingir a sustentabilidade, precisamos de uma evolução ou de uma revolução nas nossas sociedades?

Video de apresentação    

Objetivos

A resolução dos problemas complexos de sustentabilidade do nosso tempo exige conhecimentos integrados, e profissionais com e capazes de utilizar esses conhecimentos integrados. Precisamos de fornecer aos estudantes um quadro de conhecimento integrado que lhes permita combinar conhecimentos das ciências naturais e das ciências sociais. 

Este minor combina uma perspectiva big-picture na compreensão das relações de massa, energia e informação ao longo da história do universo com os quadros teóricos e instrumentos quantitativos fornecidos pela termodinâmica, teoria da informação, economia, teoria dynamic energy budgets para o metabolismo de organismos, o estudo da evolução biológica e tecnológica, e o desafio de considerar valores sociais/políticos através de quadros de governança, para enfrentar os prementes problemas de sustentabilidade do nosso tempo. Baseia-se na perspectiva da grande história, mas fornecendo uma base sólida e matemática, com um forte quadro teórico baseado na energia e na informação, abrangendo todos os fenómenos desde o big bang até ao presente. Ao mesmo tempo, é criada uma visão unificada, global e humanista do Planeta e da Humanidade, contribuindo para a criação de uma identidade partilhada e da capacidade de acção colectiva. 

Este minor estabelece bases fundamentais que permitem a harmonização entre estudantes com bases científicas e tecnológicas muito diferentes, criando um quadro para uma base sólida para a análise de questões de desenvolvimento sustentável, fundamental para os graus de engenharia, tecnologia e graus científicos do futuro

Áreas Científicas envolvidas no Minor

  • Hidráulica, Ambiente e Recursos Hídricos (DECivil)
  • Telecomunicações (DEEC)
  • Metodologia e Tecnologia da Programação (DEI)
  • Ambiente e Energia (DEM)

Local onde o Minor será ministrado

Responsável

 

Tiago Domingos
Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)/ACAE
tdomingos@tecnico.ulisboa.pt
https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/homepage/ist13892

Condições de Acesso e Seleção

O número máximo de estudantes no minor será de 30.

Plano de Estudos (18 ECTS)

Parcerias e Colaborações

O minor faz parte de um programa de investigação colaborativa mais amplo, que está a ser criado com os professores e investigadores envolvidos (e os centros de investigação a que pertencem), sobre Energia e Informação em Sistemas de Crescimento. Este programa visa responder a questões fundamentais sobre os pontos em comum nos sistemas de crescimento, desde o físico ao social, e aplicar estes conhecimentos à compreensão do desafio fundamental na sustentabilidade: o crescimento económico. Espera-se que envolva os seguintes centros de investigação do IST: CEGIST, CQE, INESC-ID, IT, MARETEC, CENTRA. Este minor baseia-se no trabalho realizado no projecto MEET 2030, em parceria com o BCSD Portugal e a Alva Consulting, financiado e em colaboração com as seguintes empresas: Brisa, EDP Galp, Navigator, Tecnoplano, EFACEC, Lipor, Secil, Soja de Portugal, Amorim, EY, Gestamp. Será criado um programa de teses de mestrado, permitindo aos estudantes combinar os conhecimentos deste menor com os conhecimentos adquiridos no seu maior, trabalhando em conjunto com diferentes empresas.

Coordenadores

2021/2022
Tiago Morais Delgado Domingos
tdomingos@tecnico.ulisboa.pt

A informação contida nesta página é da responsabilidade da equipa de coordenação do curso.