Dissertação

Smart Nanoparticles for Controlled Release Applications EVALUATED

O objetivo deste trabalho consistiu em desenvolver um novo sistema de libertação baseado nas interações entre a funcionalização e a carga. Dois tipos de nanopartículas foram produzidos utilizando dois métodos diferentes: MCM-41 através do método de sol-gel e OMSN através de emulsão, para obter diferentes tamanhos de poro. As análises SEM mostraram nanopartículas monodispersas, com diâmetros de 51±9 nm para OMSN e 61±9 nm para MCM-41. O tamanho de poro foi obtido por adsorção de azoto, tendo as MCM-41 poros menores. Ambas as nanopartículas foram funcionalizadas com sucesso ou com trimetoxi(propil)silano (PTES) ou com cloreto de N-trimetoxisililpropil- N, N, N – trimetilamonio (CAT). A prova de conceito destes sistemas foi feita através da libertação de duas moléculas fluorescentes sulforodamina B (SRB) e de doxorubicina (DOX). Dois pares de interações foram estudados: SRB (aniónica) com CAT (catiónica) e DOX (hidrofílica) com PTES (hidrofóbica). O primeiro par apresentou grande eficiência em controlar a libertação. A percentagem de SRB libertada após 10 h foi cerca de 50 vezes maior em nanopartículas não funcionalizadas do que em nanopartículas funcionalizadas. O tamanho de poro não mostrou influencia nem na incorporação nem na libertação de SRB. A incorporação de DOX foi feita com sucesso, com melhores resultados em nanopartículas funcionalizadas com PTES, seguido de partículas sem funcionalização. As nanopartículas com CAT não incorporam quantidades relevantes de DOX. Os testes de libertação de DOX revelaram uma cinética de libertação muito lenta. Apesar de ter havido incorporação nas nanopartículas com PTES, não foi visível libertação após 9 dia.
mesoporos, sílica, nanopartículas, libertação controlada, funcionalização dos poros

Dezembro 3, 2018, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José Paulo Sequeira Farinha

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Professor Associado

ORIENTADOR

Carlos Miguel Calisto Baleizão

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Professor Auxiliar