Dissertação

Novos revestimentos duros para fabrico e reparação de ferramentas por deposição assistida por laser EVALUATED

Este trabalho teve como objetivo principal a deposição de revestimentos com elevada espessura, baixa porosidade, sem fissuração e com elevadas frações volúmicas de partículas de reforço, a partir de pós de composição WC-4Co-5Ni, WC-10Ni e 25NiCr-75CrC, por deposição assistida por laser. Foram obtidos revestimentos com espessuras entre os 1.0 e 1.6mm e com porosidade entre os 3%vol e 6%vol. A microestrutura dos revestimentos de WC, é composta por partículas facetadas de WC, carbonetos de W2C e Fe3W3C (M6C) envolvidos numa matriz dendrítica rica em Fe e pelos eutécticos interdendríticos (Fe,Co,Ni)/ (Fe,Ni) – M6C e Fe6W7 – M6C (WC – FeCoNi). A microestrutura do revestimento NiCr-CrC é constituída maioritariamente por carbonetos de crómio, facetados, mais ou menos alongado de Cr3C2 e Cr7C3 envolvidos numa matriz eutéctica ternária de (Ni,Cr)- Cr3C2 /Cr7C3. O revestimento de WC – FeNi apresenta uma dureza média de 780±50 HV1, o WC – FeCoNi de 920±43 e o de NiCr – CrC de 1120±20 HV1. Os coeficientes de desgaste são 2,3x10-6 mm3/(N.m), para o revestimento WC – FeNi, 3,92,3x10-6 mm3/(N.m), para o revestimento WC – FeCoNi e 1,9x10-5 mm3/(N.m) para o NiCr – CrC. O desgaste é controlado pela dureza das partículas de reforço face à dureza do contra corpo, a sua fração volúmica e a tenacidade à fratura da matriz, sendo o mecanismo de desgaste maioritariamente oxidativo, com ligeiros traços de abrasão.
Revestimentos de materiais compósitos, deposição assistida por laser, carboneto de tungsténio, carbonetos de crómio, microestrutura, comportamento ao desgaste.

Dezembro 6, 2019, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria Amélia Martins de Almeida

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Professor Auxiliar