Dissertação

BOPL: Lista Persistente Otimizada para Batchs EVALUATED

Devido ao aumento no número de operacôes nas bases de dados e com o melhoramento tanto do desempenho, como da capacidade da Dynamic Random Access Memory (DRAM), tornou-se viável o uso de Base de Dados Em Memória (BDEM) em vez das atuais Bases de Dados Baseadas em Disco (BDBD). O aparecimento de memórias mais eficientes, como o Optane SSD e a Non-Volatile Random Access Memory (NVRAM), poderá levar a que estas, substituam os discos nas BDEM, tornando-as mais eficientes. O uso da NVRAM impõe uma modificação nas estruturas que são utilizadas nas BDEM pois, caso haja uma falha no sistema, os dados em NVRAM poderão ficar incoerentes. Várias novas estruturas foram desenvolvidas com o objetivo de tornarem consistentes os dados em NVRAM verificando-se, no entanto, que essas estruturas tendem a apresentar um mau desempenho, devido ao facto de que, a cada modificação é necessário a persistir. O Batch-Optimized Persistent List (BOPL) tem como objetivo obter um melhor desempenho comparativamente com as soluções já existentes, deixando as estruturas sempre consistentes tanto em arquiteturas que tenham como memória persistente o Intel Optane e/ou NVRAM. Este melhor desempenho é obtido devido ao facto de no BOPL, a persistência não ser garantida durante o caminho crítico das operações, mas sim em segundo plano..
Non-Volatile Random Access Memory (NVRAM), Optane SSD, Base de Dados Baseadas em Discos (BDBD), Base de Dados Em Memória (BDEM), Estruturas de Indexação

Junho 21, 2019, 9:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

João Pedro Faria Mendonça Barreto

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar