Dissertação

Implementing IT Governance EVALUATED

As Tecnologias de Informação (TI) têm sido utilizadas nas grandes organizações desde a década de 50 ou 60, com propósitos internos e externos. Esta utilização cada vez mais universal das TI obrigam a que um especial foco tenha que ser dado à Governança das TI. Esta tem sido uma preocupação nos últimos 20 anos e pode contribuir largamente para maiores retornos dos activos, sobretudo em tempos que os investimentos tecnológicos têm aumentado. Contudo implementar a Governança das TI não é uma tarefa fácil, uma vez que a sua própria definição e o seu papel nas organizações não é claro, e a escolha dos mecanismos de Governança das TI apropriados continuar a exigir um grande esforço. Deste modo, nesta tese pretendemos realizar uma pesquisa exploratória de modo a formalizar os mecanismos de Governança das TI bem como analisar vários Casos de Estudo de modo a explicitar possíveis padrões de Governança das TI com o intuito de fornecer um guia às organizações sobre o modo como a Governança das TI pode ser implementada. Baseado em 6 entrevistas em 6 organizações Financeiras portuguesas, esta tese fornece percepções quer em relação à facilidade de implementação quer em relação eficácia dos mecanismos de Governança das TI. Mais ainda, é fornecido uma base mínima de mecanismos que estas organizações deveriam ter. A metodologia de pesquisa utilizada foi o Design Science Research (DSR). Para avaliar a nossa proposta foram utilizadas entrevistas, as guidelines de Hevner, os quatro princípios de Österle e o reconhecimento da comunidade científica.
Base Mínima, Design Science Research, Factores, Governação das TI, Mecanismos, Padrões.

Novembro 5, 2013, 18:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Miguel Leitão Bignolas Mira da Silva

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar