Dissertação

Services Architecture for Interoperability in Public Aministration EVALUATED

As Organizações actuais estão cada vez mais interligadas entre si devido à globalização e à necessidade de agilização. A Interoperabilidade entre as organizações tornou-se um factor competitivo para qualquer organização, de qualquer área de negócio. Na administração pública também é um factor de unidade entre as entidades e podem, assim, prestar um melhor serviço aos cidadãos. Na área da interoperabilidade é importante destacar a arquitectura orientada a serviços (SOA) que permite a integração entre diferentes sistemas de informação. Para construir uma arquitectura SOA é necessário primeiro identificar os serviços. Existem várias abordagens para proceder a essa identificação, cada uma com as suas características, não sendo de todo consensual, o processo de identificação. Este trabalho foca a identificação de serviços tendo como principal objectivo a sua reutilização. Através da análise de várias metodologias de identificação de serviços, pretendemos construir um conjunto de passos para atingir uma arquitectura SOA com elevado nível de reutilização dos seus serviços. Para demonstrar a aplicação desta metodologia foi utilizado um caso prático.
Serviço, Arquitectura Orientada aos Serviços, Objectivos, Reutilização, Identificação, Desenho de Serviços

Novembro 9, 2012, 16:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

Paulo Lobo

AMA

Especialista

ORIENTADOR

André Ferreira Ferrão Couto e Vasconcelos

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar