Dissertação

Fun Rehab - Can Rehabilitation Be Fun? EVALUATED

O processo de reabilitação motora caracteriza-se, sobretudo junto das populações paraplégicas e tetraplégicas, por ter uma duração longa e um carácter desmotivante. No entanto, é indispensável para assegurar alguma qualidade de vida a quem dele necessita. Com este projecto pretende-se provar que a utilização de ambientes virtuais na fisioterapia tem um efeito positivo nos pacientes, divertindo-os, minimizando assim algumas das desvantagens da fisioterapia actual. De forma a alcançar os objectivos propostos, foram executadas algumas tarefas: o desenvolvimento de um estudo sobre o processo actual de fisioterapia, e uma descrição exaustiva dos exercí­cios mais relevantes; a automação dos processos actuais, de forma a reproduzi-los numa plataforma de apoio à tese que se quer provar; desenho tecnológico e de interface de acordo com as características e necessidades dos utilizadores; o desenvolvimento de uma bateria de testes para avaliação do processo de fisioterapia antes e depois da utilização da plataforma desenvolvida. Para além dos objectivos principais, foram considerados como objectivos o desenvolvimento de uma aplicação que permitisse uma avaliação matemática, e consequentemente objectiva, do progresso do paciente, e a manutenção de um baixo custo, de forma a que a aplicação fosse acessí­vel a todos. Como conclusões, são apresentadas neste trabalho algumas soluções no que respeita ao desenvolvimento de soluções tecnológicas, com componentes fí­sicas e virtuais, de apoio aos processos de reabilitação de pacientes paraplégicos e tetraplégicos.
Reabilitação, Fisioterapia, Ambiente Virtual, Jogos, Recuperação Motora

Novembro 4, 2011, 16:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Joaquim Armando Pires Jorge

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Catedrático