Dissertação

Unified Service Model EVALUATED

No actual contexto económico, conseguir se adaptar de forma competitiva ou útil para a sociedade é algo de absolutamente crítico para as organizações. Essa adaptação passa por conseguir reduzir custos e aumentar eficiências operacionais enquanto mantém-se a capacidade de inovar e de ser relevante. A Arquitectura Empresarial promete responder a alguns destes desafios ao integrar e alinhar os objectivos de negócio da organização com a realidade dos sistemas que os suportam. A modelação releva-se como um elemento chave no processo de desenho de qualquer Arquitectura Empresarial, responsável por garantir a correcta comunicação entre todos os intervenientes e por consequente, determinante no sucesso destas iniciativas. Aproveitanto um movimento conceptual e lexical convergente em direcção ao conceito de "serviço", tanto nas ciências sociais como nas áreas mais tecnológicas, propomos a linguagem de modelação "Unified Service Model" (USM). Esta linguagem propõe-se a facilitar tanto a comunicação entre os diferentes intervenientes como a minimizar a aprendizagem da mesma ao definir um conjunto de símbolos e de conceitos partilhados de forma bastante parcimoniosa. É proposto também, um conjunto de técnicas automáticas de análise "a posteriori", cujo objectivo é enriquecer os modelos iniciais com informação complementar. Finalmente, a linguagem de modelação proposta é analisada e comparada com outras propostas relevantes na mesma área, propondo-se melhorias futuras para a mesma.
Arquitectura Empresarial, Modelação, Serviço, Unified Service Model, USM.

Novembro 11, 2009, 15:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José Carlos Martins Delgado

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Associado