Dissertação

Arquitetura Informacional de Referência para o Setor da Saúde Portuguesa EVALUATED

A necessidade de melhorar as atividades informacionais tem-se vindo a mostrar fundamental no assegurar da competitividade contínua das organizações. Uma das formas identificadas que contribui para o aumento dessa competitividade é a criação de Arquiteturas Informacionais (AI) de referência que permitam guiar e restringir as instanciações de um conjunto de arquiteturas e soluções individuais. Neste trabalho é proposto um método que permite o desenvolvimento de AI de referência que assegurem a facilidade de manutenção e a interoperabilidade semântica. Esse método segue uma abordagem bottom-up e engloba, não só o levantamento dos principais sistemas de informação de um determinado setor de atividade, mas também a utilização de técnicas de engenharia inversa, de melhoramento de modelos e de integração de modelos. A principal contribuição deste método assenta no passo de integração de modelos, onde se salienta o desenvolvimento de um processo que permite a identificação de entidades informacionais correspondentes em diferentes modelos, com base num conjunto de regras de semelhança. Esse método é instanciado no setor específico da saúde pública portuguesa, culminando no desenvolvimento de uma AI de referência para esse mesmo setor. Para conduzir a nossa investigação, foi usada a Design Science Research Methodology. O método proposto neste trabalho, assim como a sua instanciação ao setor público da saúde portuguesa, são avaliados com auxílio a métricas de avaliação de AI e modelos.
Arquitetura Informacional de Referência, Entidades Informacionais, Facilidade de Manutenção, Integração de Modelos, Interoperabilidade

Novembro 9, 2015, 18:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

André Ferreira Ferrão e Couto e Vasconcelos

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar