Dissertação

Etherspace: Practical Proof-of-Space for Blockchains CONFIRMED

A maior parte das blockchains são baseadas no modelo da Bitcoin, e portanto, a sua segurança depende de provas de trabalho (proof-of-work, ou PoW, em inglês). Para adicionar blocos à blockchain é necessário que os utilizadores provem que usaram uma certa quantidade de poder computacional. As provas de trabalho fazem com que os requisitos energéticos das blockchains sejam muito elevados consumindo, no caso da Bitcoin, energia equivalente a um paı́s como a Irlanda. Este trabalho propõe uma nova implementação de blockchain que substitui as provas de trabalho pelas provas de espaço com o objectivo de diminuir os requisitos energéticos das blockchains. Numa blockchain que use provas de espaço, os mineiros têm de provar que estão a dedicar quantidades não triviais de memória ao protocolo. Antes de participarem no protocolo começam por realizar computações cujos resultados serão guardados na memória. Quando adicionarem blocos à blockchain têm de demonstrar que estão de facto a guardar corretamente o resultado dessas computações. O uso de provas de espaço em blockchains é um tópico recente e a maioria do trabalho nesta área é teórico, não sendo trivial como podem ser contruı́das soluções práticas. Este trabalho propõe uma nova implemtentação de blockchain que substitui as provas de trabalho pelas provas de espaço, realizada em cima do protocolo do Ethereum, uma das criptomoeadas mais populares.
Provas de trabalho, Provas de espaço, Blockchain, Ethereum, Criptomoeda

Novembro 26, 2019, 9:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Miguel Ângelo Marques de Matos

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

João Pedro Faria Mendonça Barreto

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar