Dissertação

IT Governance in Public Administrations EVALUATED

Nas últimas décadas as TI têm crescido e difundido por todo o mundo. Já não são um fator menor, mas sim algo essencial para todas as empresas que desejam manter a competitividade e potenciar o seu crescimento. A disciplina que se foca no alinhamento das TI com o negócio de forma a potenciar o máximo valor do negócio é chamada IT Governance (ITG). A inexistência de ITG transversal é um dos principais problemas da Administração Pública Portuguesa (PPA). Esta falha leva a aumentos constantes nas despesas com as TI ao longo dos anos. De forma a mitigar este problema o governo português criou um plano estratégico (PGETIC). Contudo, as poupanças efetuadas não estão a atingir os objetivos definidos, devido à falta de um método de implementação (entre outros factores). Para ajudar neste problema fundamentamo-nos nas boas práticas de ITG – COBIT 5. Relacionando estas boas práticas com os planos estratégicos tentamos providenciar práticas claras e detalhadas para implementar as medidas do PGETIC. Assim, a nossa proposta é a aplicação de um método situacional para a implementação de ITG na PPA. Este método junta o COBIT 5 e o PGETIC considerando a situação atual da organização. Este método contém uma Method Base, que contém os fragmentos (processos do COBIT 5) que irão compor a solução. Para além disso, realizámos um estudo de campo numa organização da PPA onde demonstrámos e avaliámos a nossa proposta. Este estudo de campo resultou num Process Advice (relatório) com os melhoramentos sugeridos para os diversos processos.
COBIT 5, IT Governance, planos estratégicos, PGETIC, administração pública, Método Situacional

Novembro 12, 2014, 13:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

José Manuel Nunes Salvador Tribolet

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Catedrático

ORIENTADOR

Miguel Leitão Bignolas Mira da Silva

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar