Dissertação

Hybrid Peer-to-Peer Domain Name system EVALUATED

O DNS, Sistema de nomes de domínios, existe há já vários anos e já teve alguns problemas. Uma nova de categoria de problemas começou a aparecer recentemente, a censura de nomes de domínio. Governos a censurarem nomes de domínio que são administrados por entidades que caiem sobre a sua jurisdição. Procuramos desenvolver um DNS que resolva os problemas com o actual DNS, e que ao mesmo tempo garanta que não existe uma autoridade central no mesmo, de forma a que nomes de domínio não possam simplesmente ser censurados. Analisamos investigação feita previamente, e chegamos à conclusão que embora seja possível implementar, existem restrições. O maior problema foi em relação ao tempos de latência, embora a nossa análise também tenha demonstrado que existem casos em que esse problema foi resolvido com sucesso usanado uma cache. Um outro problema, era manter uma ligação com o actual DNS de modo a facilitar a transição de um sistema para o outro. A solução final consiste no sistema P2P DNS Híbrido implementa um servidor local de resolução de nomes, enquanto dá ao utilizador a opção de escolher entre o sistema de DNS actual ou sistema desenvolvido por nós, ou mesmo usar ambos, sendo que o ultilizador escolhe que domínios resolvem no sistema actual e que domínios resolvem usando o sistema desenvolvido por nós. O novo DNS distribuído foi implementado recorrendo ao Kademlia, uma rede P2P, que funciona como uma Distributed Hash Table (DHT). Cada utilizador actua como um nó do sistema e guarda registos DNS.
DNS, Peer-to-Peer, censura, resiliência, distribuído, sistema de nomes de domínio

Novembro 8, 2013, 10:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Ricardo Jorge Feliciano Lopes Pereira

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar