Dissertação

Making Long-Lived Transactions Easier to Develop EVALUATED

Ao longo dos últimos anos, a Memória Transacional tornou-se um tópico bastante popular, crescendo para além de um mero tópico de investigação. Mais recentemente, o conceito foi extendido para suportar persistência, e como tal, o conceito de Memória Transacional Persistente (PSTM) foi criado. Nesta dissertação irei propor uma extensão às PSTMs para suportar Transacções de Longa Duração. Uma Transacção de Longa Duração é uma Transação com um tempo de vida superior a uma Transacção simples, executada em vários passos disjuntos. Os sistemas de suporte transacional existentes hoje em dia não estão preparados para lidar com Transacções de Longa Duração, e como tal, os programadores de aplicações empresariais vêm-se forçados a utilizar workarounds para as implementar. A minha tese é que o suporte a Transações de Longa Duração deveria ser fornecido a nível infra-estrutural, usando uma Memória Transacional Persistente. Irei descrever os desafios que tornam as Transacções de Longa Duração difíceis de implementar, e irei propor uma solução para facilitar o seu desenvolvimento. Irei mostrar como os programadores podem tirar partido de Transacções de Longa Duração que sobrevivem a restarts do sistema, requerem modificações de código mínimas, permitem vários utilizadores concorrentemente e com resultados de performance comparáveis às transacções simples.
Memória Transaccional, Transacções, Transacções de Longa Duração, Consistência de Dados

Outubro 31, 2013, 10:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

João Manuel Pinheiro Cachopo

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar