Dissertação

A Blame and Shame Game EVALUATED

O objectivo desta tese é modelar a emoção de vergonha em agentes, para que estes expressem essa emoção de forma correcta. Para atingir este objectivo, esta emoção é modelada consoante os factores que a afectam nas pessoas, para que os agentes tenham assim um comportamento mais credível. Outro aspecto também importante para o trabalho é o acto de culpar alguém. Este acto pode levar ao aparecimento da vergonha na pessoa culpada. As normas são um conceito extremamente importante para este trabalho. De modo a atingir o objectivo desta tese, foi feita investigação na área de emoções, mais especificamente, na área da vergonha. De seguida, revimos alguns modelos e arquitecturas que já apresentam emoções, normas ou ambos. Depois disto, o modelo de vergonha e da acção de culpar é descrito e explicamos a forma como foi implementado. O modelo estende uma arquitectura baseada na teria OCC. Para avaliar o trabalho feito utilizámos um cenário de estudo, baseado em situações reais que podem ocorrer num bar. Foram feitas gravações com a aplicação a correr para que fosse possível avaliar as emoções sentidas pelo agente. A avaliação foi feita através de três questionários finais, colocados a 103 participantes, para avaliar se o resultado da nossa aplicação era o resultado esperado pelas pessoas. Os resultados mostraram-se consistentes com a nossa hipótese de que agentes virtuais com raciocínio normativo e mecanismos de avaliação, podem gerar emoções morais (vergonha) de uma forma mais credível.
Avaliação, Credibilidade, Culpar, Emoções, Normas, Vergonha

Outubro 31, 2012, 9:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Ana Maria Severino de Almeida e Paiva

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Associado