Dissertação

From Skeuomorphism to Flat Design: Investigating Older Adults Experience EVALUATED

Atualmente, flat é uma técnica muito usada pela comunidade de design, vindo em substituição do clássico skeuomorfismo. Embora tenha tido uma crescente popularidade, estudos empíricos mostram evidências que esta poderá não ser a melhor opção: a simplicidade deste design remove pistas visuais essenciais que podem sacrificar a usabilidade e experiência do utilizador. Para colmatar as falhas apresentadas do flat design, um novo design, material, foi criado. O design e a apreciação estética influenciam aspetos como a satisfação, performance e a usabilidade percecionada do sistema. Apesar da sua importância, os efeitos das várias técnicas de design ainda não estão bem discutidos, em particular em termos de idade. Numa população cada vez mais envelhecida, e com um aumento da aceitação e uso tecnológico, passa a ser fundamental compreender melhor este grupo etário. Esta dissertação investiga o efeito da idade e das três técnicas de design (skeuomorfismo, flat e material) na experiência do utilizador. Concluímos que quer a idade, quer o design, têm efeitos na performance e perceção estética nas tarefas envolvidas. As pessoas de faixa etária mais alta (65+ anos) demonstraram ser o grupo cuja performance dependeu mais no design. Em termos de preferência estética, as pessoas mais novas percecionaram os designs mais minimalistas como mais apelativos. Por sua vez, as pessoas mais velhas têm uma perceção mais positiva do design mais detalhado. Estes resultados permitiram criar um conjunto de guias de desenho de acordo com o grupo etário e objetivo pretendido (aumentar a eficiência, eficácia ou preferência estética).
Idosos, Interface, Estética, Flat Design, Skeuomorfismo, Material Design

Novembro 5, 2018, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Hugo Miguel Aleixo Albuquerque Nicolau

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar