Dissertação

An automated unit testing framework for the OutSystems Platform EVALUATED

O rápido crescimento de necessidades no mercado das tecnologias de informação aliado ao constante aumento de complexidade das aplicações conduziu à falta generalizada de talentos na área de IT. Por forma a colmatar estas necessidades, as empresas tendem a contratar programadores júniores ou então de outras áreas que não envolvam desenvolvimento aplicacional bem como a escolha de plataformas low-code. A falta de conhecimentos destes programadores, embora atenuada pelas funcionalidades destas plataformas, conduz a um processo de desenvolvimento deficiente, a um processo de controlo de qualidade deficiente e, no fim, a uma aplicação que não corresponde às expetativas. A história provou, no passado, quais os potenciais impactos em termos financeiros e de perceção pública e, por forma a evitar estes acontecimentos, as empresas tendem a investir no processo de controlo de qualidade. Um dos métodos utilizados para aumentar a qualidade do software produzido é com recurso a testes de software automatizados. As soluções existentes para a plataforma OutSystems não possuem as funcionalidades desejadas ou requerem desenvolvimentos adicionais que implicam um acréscimo de trabalho, impactando o calendário e o orçamento de projeto. Neste trabalho é proposta uma ferramenta para geração automática de testes de software, ferramenta esta que foca-se na camada de Core Business, existente no padrão de arquitetura recomendado pela OutSystems - 4-Layer Canvas.
OutSystems, testes de software, testes automáticos, geração automática de testes, low-code

Novembro 12, 2018, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

João Carlos Serrenho Dias Pereira

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar