Dissertação

Blockchain as a Consensus Service EVALUATED

As criptomoedas, das quais Bitcoin e Ethereum são as mais populares, são baseadas numa abstração subjacente conhecida como blockchain. A blockchain em si é construída de modo a oferecer duas abstrações diferentes, mas complementares: um registo distribuído inviolável e um mecanismo de consenso. As propriedades de consenso da blockchain são significativamente diferentes dos algoritmos de consenso clássicos na literatura de sistemas distribuídos. Além disso, essas propriedades diferem dependendo do tipo de blockchain e do algoritmo de consenso subjacente. Nesta dissertação, exploramos a ideia de como criar um serviço de consenso sobre blockchains existentes e como as diferentes garantias que esta oferece podem ser exploradas pelas aplicações. Devido às propriedades da blockchain, a API fornecida por um serviço de consenso baseado em blockchain é mais complexo do que a fornecida por implementações de consenso mais tradicionais, como Paxos, PBFT ou Raft. O \ac{BCS}, permite que as aplicações equilibrem desempenho e coerência, ou seja, permite que as aplicações mudem de um consenso mais caro que garante uma coerência forte, para um que garante menos coerência e é mais eficiente. Com isto, fornecemos um serviço de consenso com tolerância a falhas bizantinas, uma API clássica que oferece coerência incremental e um registo distribuído inviolável.
Blockchain, Consenso, Faltas Byzantinas, Coerência incremental

Novembro 9, 2018, 10:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Miguel Nuno Dias Alves Pupo Correia

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Associado

ORIENTADOR

Miguel Ângelo Marques de Matos

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar