Disciplina Curricular

Desempenho e Dimensionamento de Redes e Sistemas DDRS

Mestrado Bolonha em Engenharia Informática e de Computadores - Alameda - MEIC-A 2021

Contextos

Grupo: MEIC-A 2021 > 2º Ciclo > Area Principal > Agrupamentos > Gestão de Serviços de It

Período:

Peso

6.0 (para cálculo da média)

Objectivos

Abordar a problemática da gestão de recursos em redes e sistemas computacionais, introduzir as principais técnicas de análise de desempenho e de dimensionamento (modelação estocástica, simulação de eventos discretos e otimização) e a sua utilização no contexto das redes e sistemas. Os alunos devem adquirir as seguintes competências: (i) ser capaz de avaliar o desempenho de redes e serviços; (ii) ser capaz de dimensionar de forma eficiente redes e serviços utilizando técnicas de otimização; (iii) perceber o compromisso desempenho/custo na gestão de recursos das redes e serviços; (iv) ser capaz de aplicar a teoria das filas de espera na análise de desempenho de redes e perceber as suas limitações; (v) ser capaz de manipular adequadamente simuladores de redes e serviços. A disciplina visa formar “performance and planning engineers”.

Programa

1 – Modelação estocástica e sistemas de filas de espera: cadeias de Markov em tempo discreto e contínuo, processos de renovamento e de Poisson, lei de Little, propriedade PASTA, filas Markovianas, fila M/G/1, modelos de tráfego. 2 – Simulação de eventos discretos: técnicas de programação, geração de distribuições e processos estocásticos, análise estatística dos resultados das simulações. 3 – Agregados de servidores: políticas de distribuição de tarefas, dimensionamento. 4 – Avaliação de desempenho em redes: modelos para acesso múltiplo, escalonamento de pacotes, encaminhamento em redes com comutação de pacotes e de circuitos, controlo de congestionamento, e garantias de serviço; princípios económicos da gestão de tráfego. 5 – Otimização: modelos de programação matemática para otimização de redes e sistemas envolvendo encaminhamento, dimensionamento, proteção de tráfego, localização servidores, deteção de nós críticos; algoritmos heurísticos.

Metodologia de avaliação

50% avaliação contínua; 50% avaliação não contínua

Componente de Competências Transversais

Pensamento Crítico e Inovador – A realização dos trabalhos laboratoriais envolve componentes de pensamento estratégico, pensamento crítico, criatividade, e estratégias de resolução de problemas, sem avaliação explícita. Competências Intrapessoais – A realização dos trabalhos laboratoriais envolve componentes de produtividade e gestão de tempo, gestão de stress, proatividade e espírito de iniciativa, motivação intrínseca e tomada de decisão, sem avaliação explícita. Competências Interpessoais – Na avaliação dos relatórios dos trabalhos laboratoriais, 10% da classificação é atribuída à forma dos relatórios. Na avaliação da componente prática, 10% da classificação é atribuída à capacidade de trabalhar em equipa.

Componente Laboratorial

Realização de trabalhos laboratoriais envolvendo avaliação de desempenho, simulação e otimização de redes e sistemas, realizados com auxílio do R (ou equivalente).

Componente de Programação e Computação

Os trabalhos laboratoriais envolvem todos programação em R. A percentagem de avaliação nesta componente é de 50%.

Princípios Éticos

Todos os membros de um grupo são responsáveis pelo trabalho do grupo. Em qualquer avaliação, todo aluno deve divulgar honestamente qualquer ajuda recebida e fontes usadas. Numa avaliação oral, todo aluno deverá ser capaz de apresentar e responder a perguntas sobre toda a avaliação.

Disciplinas Execução

2021/2022 - 1º Semestre