Dissertação

Avaliação de Desempenho em Entidades do Sector da Saúde EVALUATED

Este trabalho visou o desenvolvimento de uma abordagem teórica da metodologia do Balanced Scorecard (BSC), para o Serviço Nacional de Saúde (SNS) Português como instrumento de gestão estratégica e avaliação de desempenho. Após a análise do ambiente socioeconómico a que está sujeito, e da aferição dos principais desafios e limitações do SNS, procedeu-se à revisão da missão, valores, visão e estratégia, a fim de desenvolver as perspetivas do BSC. Devido à natureza pública do SNS foi decidido construir um scorecard cinco perspetivas. Promover a missão ao topo do scorecard, seguido por clientes/stakeholders e a perspetiva financeira / orçamental, com igual importância, terminando com processos internos e aprendizagem e crescimento por esta ordem. Posteriormente foram atribuídos catorze objetivos, distribuídos pelas perspetivas deferentes, culminando esse processo na elaboração do mapa estratégico. Em paralelo, foram sendo estabelecidas as metas e iniciativas que suportam para cada objetivo. Finalmente, foi obtido um scorecard com 14 objetivos e 45 indicadores distribuídos por 5 perspetivas. O BSC foi adaptado a um serviço público, com dimensões enormes, e provou ser flexível o suficiente para acomodar todos os elementos que tiveram de ser tomados em consideração. A aplicação prática é deixada para trabalho futuro.
Balanced Scorecard, Gestão de serviços públicos de saúde, avaliação de performance, Sistema Nacional de Saúde

Junho 4, 2015, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

João Manuel Marcelino Dias Zambujal de Oliveira

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar