Dissertação

Medição da eficiência dos comandos territoriais da PSP EVALUATED

Esta investigação surge num contexto em que o Governo Português está sob intensa pressão para prestar os serviços públicos da forma mais eficiente possível. O principal objetivo deste estudo de investigação foi avaliar a eficiência dos comandos territoriais da PSP. Para medir a eficiência relativa da PSP utilizaram-se 2 modelos DEA (BCC) de duas fases, um modelo orientação input (MI) e outro modelo orientação output (MO). Na segunda fase foi utilizado o modelo de regressão OLS para verificar a influência dos inputs não discricionários. Os dados das variáveis foram obtidos para os anos de 2008-2011, a partir dos relatórios de atividades da PSP, do SIEJ, ANSR e do INE. Os resultados de eficiência obtidos mostram que existe bastante variabilidade entre os vários comandos. Para o modelo MI a média de eficiência técnica foi de 90,8% e para o modelo MO a média de eficiência técnica foi de 80,5%. Os resultados do modelo OLS foram apenas considerados estatisticamente significantes para o modelo MI, no ano de 2008. Calculou-se um ranking combinando os resultados de eficiência técnica dos dois modelos. O comando distrital da Guarda foi o comando que obteve a melhor combinação de resultados eficiência técnica (100%). A média de resultados do ranking foi de 84,82%.
PSP; DEA; comando territorial; eficiência.

Junho 17, 2014, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria Isabel Craveiro Pedro

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar