Dissertação

Optimização da Logística Inversa nas Cadeias de Abastecimento - O Caso da Sonae MC EVALUATED

O actual contexto económico Europeu tem afetado a rentabilidade das empresas criando assim um ambiente de maior competição. Num ambiente competitivo é importante que as empresas façam um melhor uso dos seus recursos, através da optimização das suas cadeias de abastecimento. A Sonae MC, a empresa na qual a presente dissertação se insere, é responsável pelo retalho alimentar da Sonae, a qual oferece uma variada gama de produtos através dos seus hipermercados Continente e Modelo e supermercados Bom Dia. A estrutura da rede de retalho alimentar da Sonae MC é composta por 4 centros de distribuição, 3 centros de processamento e 177 lojas. A Sonae MC identificou a logística inversa como sendo uma das áreas a melhorar, em particular no que toca ao regresso dos veículos das lojas em vazio ou sem mercadoria – problema a ser estudado nesta dissertação. Com o objectivo de estudar este problema e tentar optimizar a logística inversa, desenvolveu-se um modelo de programação linear inteira mista (MILP), que é aplicado a vários cenários de recolha de paletes com a finalidade de analisar diferentes estratégias de recolha que permitam reduzir os custos de transporte e emissões de dióxido de carbono da cadeia de abastecimento da Sonae MC e dos seus parceiros de logística inversa (CHEP/LPR). A identificação da estratégia óptima para a recolha de paletes é o objectivo desta dissertação, pretendendo-se desta forma ajudar a Sonae MC a sustentar a escolha de um sistema de recolha e a evidenciar oportunidades de melhoria nas suas operações.
optimização, logística inversa, modelação da cadeia de abastecimento, embalagens reutilizáveis

Novembro 15, 2013, 16:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Ana Paula Ferreira Dias Barbosa Póvoa

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Catedrático