Dissertação

Design of Sustainable Bioethanol´s Supply Chain EVALUATED

O estudo das cadeias de abastecimento do bioetanol não é um assunto novo na literatura, contudo uma a maioria dos trabalhos desenvolvidos nesta área apenas consideram o seu desempenho económico. Além disso, os trabalhos que incluem a vertente ambiental apenas consideram as emissões de carbono. Desta forma, o objectivo desta dissertação é quantificar a influência dos métodos de avaliação dos impactos ambientais, denominados ReCiPe, Eco-Indicator99, Ecological Scarcity 2006, EDIP 2003, EPS 2000 e Impact 2002+, na estrutura final de uma cadeia de abastecimento. A aplicação destes métodos permite uma perspectiva da influência das diversas categorias dos impactos tais como alterações climáticas, redução da camada de ozono, acidificação, ecotoxicidade, utilização de terrenos, na estrutura das cadeias de abastecimento, quando aplicadas em modelos de optimização. Outro objectivo desta dissertação é compreender a influência da revisão da Comissão Europeia para a actual Directiva 2009/28/EC, que limita a produção de bioetanol a partir de tecnologias de primeira-geração e cria uma nova técnica de contabilização para cumprir os objectivos Europeus, promovendo as tecnologias de segunda geração. Para esta análise, uma avaliação económica e uma ambiental simples vão ser incluídos no modelo de optimização de cadeias de abastecimento de bioetanol. Para as análises propostas, um modelo de programação linear multiobjectivo é implementado, baseado nos modelos de optimização de cadeias de abastecimento de bioetanol anteriormente desenvolvidos por Giarola et al. (2011), Zamboni et al. (2009b) e Mazzetto (2013).
Bioetanol, cadeias de abastecimento, sustentabilidade, optimização, métodos LCA, Directiva 2009/28/EC

Dezembro 5, 2013, 11:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Ana Isabel Cerqueira de Sousa Gouveia Carvalho

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Prof Auxiliar Convidado