Dissertação

Função Compras - Um estudo sobre o sector público em Portugal EVALUATED

As crises económicas que têm assolado Portugal na última década colocaram na agenda dos responsáveis políticos a necessidade de reduzir a despesa pública, passando parte dessa redução pela racionalização e diminuição dos consumos de bens e serviços do estado. O caminho escolhido para efectivar essa racionalização passou pela implementação de um modelo fortemente centralizado na gestão da função compras do estado. Com este trabalho descreve-se o cenário de reorganização da função compras que se tem vindo a verificar no sector público desde 2003 até à actualidade, e tenta-se compreender os seus impactos ao nível da eficácia e eficiência no controlo de custos de aquisição. Para tal parte-se de um diagnóstico que evidenciou uma situação inicial de grande desarticulação com a ausência de uma estratégia definida e clara para a área de compras do estado, com processos desconcertados e não-uniformizados, com um baixo nível de suporte dos sistemas de informação e onde os recursos-humanos afectos às compras não revelavam conhecimentos em políticas de compras. Analisa-se também o potencial de poupança inerente a um cenário de centralização da função compras, comparando-se esses resultados com poupanças que foram efectivamente obtidas por alguns organismos públicos que adoptaram este modelo centralizado.
Compras públicas, e-procurement, procurement, sourcing

Junho 20, 2013, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Ana Paula Ferreira Dias Barbosa Póvoa

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Catedrático