Dissertação

Development of Collaborative and Sustainable Supply Chains. The Agroindustry By-Products Case Study EVALUATED

O setor agroalimentar em Portugal corresponde a 4.1% do PIB e envolve mais de 11,000 empresas através da cadeia de abastecimento. Considerando a fragmentação e desarticulação desta indústria, assim como a necessidade de desenvolver a dependência entre os fluxos inverso e direto, a colaboração entre as empresas deve ser estudada, dado que sugere um positivo impacto a nível da performance ambiental, social e económica. Neste contexto, o presente trabalho pretende perceber como as cadeias de abastecimento têm vindo a lidar com os objetivos sustentáveis, e qual o papel da potencial vantagem colaborativa para a melhoria da sustentabilidade nas cadeias de abastecimento. A metodologia desenvolvida propõe um possível caminho para as empresas que pretendem desenvolver um trabalho sustentável e colaborativo. Esta metodologia é aplicada a uma empresa do Grupo ETSA, Abapor, que trabalha na recolha de subprodutos no canal de retalho. Desta forma, o objetivo é a otimização da cadeia de abastecimento da Abapor considerando a exploração de potenciais ações colaborativas através de outras entidades na sua cadeia de abastecimento. Do trabalho desenvolvido foram obtidas duas valorizações: a criação de uma metodologia sustentável-colaborativa; e a análise da interação Abapor-SONAE e identificação de oportunidades de melhoria na cadeia, a nível da sustentabilidade, através de medidas colaborativas.
Metodologia sustentável-colaborativa, Setor agroalimentar, Projeto MobFood, PPS-7, Abapor

Novembro 7, 2018, 16:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Ana Paula Ferreira Dias Barbosa Póvoa

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Catedrático