Dissertação

Aplicação do Pensamento Lean nas Operações de Armazenagem num Grossista Farmacêutico EVALUATED

A indústria farmacêutica pertence a um mercado exigente. Ao nível da distribuição espera-se que não existam stockouts e que o lead-time seja o menor possível. A Empresa H trata-se de um grossista que presta serviços de pré-wholesaling e distribuição de produtos farmacêuticos e de saúde. Mudou recentemente de instalações para um novo armazém onde possui mais de 18 000 referências de produtos. Um dos seus objetivos passa pela melhoria do processo relativo ao reabastecimento, das zonas de picking. Atualmente a reposição é realizada de modo empírico pelos operadores, não existindo referência de quantidades mínimas que devem despoletar a atividade de reposição. Uma vez que não existe um planeamento temporal e de quantidades a repor nas localizações de picking, o desafio colocado pela Empresa H passa por desenvolver um algoritmo que venha colmatar esta necessidade. Neste trabalho desenvolveu-se o “Algoritmo Kanban” cuja formulação matemática, resulta da análise de vários inputs, relacionados com as operações e layout do armazém da Empresa H. O Algoritmo desenvolvido foi implementado na Empresa H e os resultados obtidos foram analisados, tendo-se concluído haver: i) uma diminuição dos tempos de reabastecimento, pois o operador apenas abasteceu as referências que estariam abaixo do stock mínimo definido, ii) um menor número de produtos reabastecidos e iii) uma maior eficiência na reposição, evitando-se o pedido de produtos durante os picos de aviamento.
Lean Thinking, Melhoria Contínua, Kanban, Reabastecimento de Stocks, Picking, Grossista Farmacêutico.

Novembro 23, 2017, 10:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Tânia Rodrigues Pereira Ramos

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar