Dissertação

Assessing the Social Sustainability of Frugal Products EVALUATED

Inovações frugais são produtos, serviços, processos ou modelos de negócio que se dirigem aos consumidores dos segmentos mais baixos do mercado (baixo e médio). Inovação Frugal é por vezes mencionada como uma nova forma de negócio uma vez que pretende conceber produtos e serviços respeitando o equilíbrio das três dimensões da sustentabilidade. Apesar de o conceito do termo “Inovação Frugal” não ser consensual na literatura – sendo apresentado sob diferentes aspectos e cenários, é unânime a visão de que é uma maneira de “fazer mais com menos” para mais pessoas, sugerindo o volume de mercado que Inovação Frugal pretende servir. Desde que foi referido pela primeira vez em 2010, Inovação Frugal tem sido estudada por diversos autores de diferentes áreas; contudo, a sua ligação a Sustentabilidade Social não aparece ainda clara na literatura. Assim, este trabalho pretende contribuir para esse estudo apresentado o Modelo de Avaliação Social de inovações frugais (FISA) - que foi construído usando quatro tipos de informação – que resultaram da aplicação de uma estratégia multi-metodológica: (1) características frugais, (2) conceitos de Valor Social e Impacto Social, (3) os grupos de interesse mais importantes, e (4) as áreas sociais mais relevantes para a avaliação de inovações frugais. Ao usar este modelo, os impactos e valores sociais são identificados e medidos, e o utilizador obtém informação que apoia a sua decisão, dado que o FISA permite a avaliação de um produto ou serviço para cada grupo de interesse em cada área social.
Inovação Frugal; Sustentabilidade Social

Junho 22, 2018, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Ana Isabel Cerqueira de Sousa Gouveia Carvalho

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar