Dissertação

Probing the quark gluon plasma medium through B meson production measurements in PbPb collisions at the LHC EVALUATED

Colisões de iões pesados relativistas permitem o estudo de Cromodinâmica Quântica a densidades e temperaturas elevadas. Nestas condições, prevê-se a formação do Plasma de Quarks e Gluões (QGP). Estas colisões de iões pesados produzem ainda, no seu início, quarks pesados, que consequentemente viverão através da evolução completa do QGP. Medidas exclusivas da produção de beauty dão precisão ao estudo da perda de energia dos partões e permitem sondar a influência do sabor. Uma superprodução de strangeness é prevista no meio em estudo. Se a hadronização de beauty tiver uma contribuição significativa de recombinação com quarks no meio, a produção de Bs relativamente à de B+ vai aumentar. Esta análise usa dados adquiridos pelo Compact Muon Solenoid em colisões de PbPb com uma energia de centro de massa de 5.02 TeV, no Large Hadron Collider. A primeira observação significativa do mesão Bs em colisões PbPb é conseguida, com uma significância acima de 5 sigma. Secções eficazes de Bs e B+ são medidas em função de momento transverso pT e centralidade. Os rácios entre as duas são calculados e comparados com medidas publicadas de fs/fu em colisões de pp. Evidências de hadronização de beauty através de recombinação no meio são apresentadas para B pT baixo e colisões mais centrais. Factores de modificação nucleares são calculados para pT no intervalo de 15-50 GeV/c, usando valores publicados das secções eficazes de Bs em colisões pp. Esta medida indica supressão da produção de Bs, na região cinemática estudada.
Plasma de quarks e gluões, Large Hadron Collider, Compact Muon Solenoid, Física dos Mesões B, Colisões de Iões Pesados, Secções Eficazes

Outubro 31, 2019, 11:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Nuno Teotónio Viegas Guerreiro Leonardo

Departamento de Física (DF)

Professor Auxiliar Convidado