Dissertação

Instrumentation and testing of RPC (Resistive Plate Chamber) detectors in the Pierre Auger collaboration EVALUATED

Esta tese reflecte o estudo sobre as características e física dos detectores Resistive Plate Chambers (RPCs), detectores de partículas carregadas. Este trabalho foi desenvolvido no âmbito do projecto Muon Auger RPC for the Tank Array (MARTA) que se baseia na introdução de detectores RPCs por baixo dos tanques de água do observatório Pierre Auger. O observatório Pierre Auger é um pioneiro em detecção de astro partículas e tem conseguido diversas medidas e resultados de grande interesse na área da Física de raios cósmicos. Os detectores RPCs que se pretendem instalar no observatório têm como principal objectivo a detecção e a medição da componente muónica resultante do chuveiro de partículas despoletado por um raio cósmico. Existe um foco em perceber como funciona a ionização e como ocorre a multiplicação de carga dentro da avalanche. Destas informações pretende-se depois extrair as suas consequências em termos de sinal induzido nos eléctrodos e fazer uma previsão teórica da eficiência. Nas medições experimentais encontram-se resultados de acordo com as previsões teóricas. Estudou-se em detalhe sinais típicos e espectros de carga e tensão. Mediu-se a carga típica duma avalanche na nossa unidade RPC nos primeiros 6 ns do sinal como estando à volta 8 pC. Estimou-se uma percentagem de streamers à volta dos 2.4 %. Fez-se aquisições de eficiência em que se obteve um valores da ordem dos 60% e 80% dependendo da electrónica de aquisição.
RPCs, projecto MARTA, observatório Pierre Auger, raios cósmicos, detectores de partículas, espectros de carga.

Novembro 27, 2014, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Pedro Miguel Félix Brogueira

Departamento de Física (DF)

Professor Associado

ORIENTADOR

Pedro Jorge Dos Santos de Assis

Departamento de Física (DF)

Prof Auxiliar Convidado