Dissertação

Caracterização experimental e modelização de um sistema de refrigeração solar intermitente EVALUATED

A utilização de sistemas de refrigeração alimentados a energias renováveis em zonas sem acesso a eletricidade é importante para a melhoria das condições de vidas dessas populações. Tendo presente esta problemática, pretende-se contribuir com o desenvolvimento de uma máquina de refrigeração de pequena potência, que possa ser alimentada a energia solar com concentração. O objectivo do projecto, em que esta dissertação está inserida, é o estudo teórico e experimental de uma máquina de absorção a NH3/H2O intermitente. A presente dissertação contribuiu com a caracterização experimental do protótipo e o desenvolvimento de um programa de simulação numérica, que permite simular o ciclo de frio. A validação do modelo foi feita utilizando os dados experimentais, concluindo-se que o programa permite calcular temperaturas com um erro inferior a 20% e a massa condensada com um erro inferior a 50%. O modelo de simulação, devidamente validado, foi utilizado para simular ciclos de frio para várias condições de temperatura exterior e potências de sol fornecidas. Através da análise dos dados das simulações constatou-se que o maior valor de potência de frio, 135,2g, se obtém para uma potência de sol igual a 70W, temperatura do ar exterior de 20ºC e temperatura final de geração de 82,5ºC. A eficiência máxima do protótipo é igual a 11,2%, para uma potência fornecida de 80W, uma temperatura do ar exterior de 30ºC e uma temperatura final de geração de 80ºC. As simulações permitiram perceber que existiam problemas no funcionamento do protótipo, para os quais são apresentadas modificações para os ultrapassar.
Absorção, intermitente, modelo, refrigeração solar, geração, simulação

Maio 26, 2014, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Luís Filipe Moreira Mendes

Departamento de Física (DF)

Professor Auxiliar