Dissertação

Black Hole Entropy through Thin Matter Shells EVALUATED

Nesta tese estuda-se a termodinâmica de camadas finas de matéria no contexto de relatividade geral, assim como as implicações que esse estudo trás para a entropia de buracos negros. Usa-se a mesma metodologia de trabalho em vários casos, começando com o cálculo da pressão e energia necessárias para manter uma camada fina de matéria no regime estático. Essas quantidades são usadas para se obter a entropia da camada, onde surgem graus de liberdade que podem ser parametrizados por funções contendo parâmetros livres. Estes últimos são analisados de forma a averiguar quando é garantida a estabilidade termodinâmica do sistema. Este processo é repetido para 4 espaços-tempo diferentes. Por último, levam-se as camadas até ao seu raio gravitacional, onde se mostra que estas se podem comportar como buracos negros. Em particular, o caso de uma camada carregada no limite extremal sugere uma solução para o debate existente sobre o valor da entropia de um buraco negro extremal.
Camada fina, termodinâmica, entropia de buracos negros, entropia de buracos negros extremos

Setembro 30, 2013, 14:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José Pizarro de Sande e Lemos

Departamento de Física (DF)

Professor Catedrático