Dissertação

Microwave Capillary Discharges in Helium at Atmospheric Pressure EVALUATED

Neste trabalho estudam-se, recorrendo a resultados experimentais e de modelização, plasmas de hélio mantidos por descargas de onda de superfíce e produzidos em tubos capilares à pressão atmosférica. Desenvolve-se um modelo colisional-radiativo (MCR) homogénio e estacionário que resolve as equações de balanço para as diversas espécies presentes no plasma, a equação de balanço térmico do gás bem como a equação de Boltzmann electrónica escrita na sua aproximação clássica a dois termos. Os resultados do modelo estão em bom acordo com as medidas de (i) o espectro de excitação e a temperatura de excitação, (ii) a potência acoplada ao plasma e (iii) a temperatura do gas. Os resultados do modelo dependem fortemente de ne e, consequentemente, da conductividade do plasma e da potência acoplada. O acoplamente de um modelo térmico ao MCR demonstrou ser de imperativa importância. O aumento da densidade electrónica conduz a valores muito elevados de temperatura do gas, facto que limita o espaço de (ne, Tg) como parâmetros de entrada no modelo.
Descargas de onda de superfície, Plasmas de hélio, Plasmas à pressão atmosférica, Modelo colisional-radiativo, Secções eficazes, Equação de Boltzmann electrónica

Julho 23, 2013, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Luís Paulo Da Mota Capitão Lemos Alves

Departamento de Física (DF)

Professor Associado