Dissertação

Mesons in a Covariant Constituent-Quark Formalism EVALUATED

Nesta tese são estudados um dos mais pequenos, ainda assim mais complexos, sistemas conhecidos na Natureza: os mesões. Começámos por tratar os mesões como pares de valência quark-antiquark interagindo através de um potencial estático e resolvemos a correspondente equação não-relativista de Schrödinger. Calculámos espectros de massa e funções de onda. Este primeiro conjunto de cálculos confirmaram que uma descrição não-relativista é adequada para o sector mesónico pesado, mas não é válida para mesões compostos por quarks leves. Realizámos esses cálculos no espaço dos momentos, onde a energia cinética e as interações relativistas são mais naturalmente formuladas, e para estados de momento angular geral. Esses cálculos serviram como preparação para cálculos posteriores relativistas. Os cálculos no espaço dos momentos têm dificuldades originadas por singularidades no kernel. Introduzimos novos métodos numéricos, envolvendo técnicas sofisticadas de subtração e que nos permitiram assim resolver o problema de confinamento no espaço dos momentos sem a utilização de um parâmetro de blindagem, que é muitas vezes considerado necessário para se obter uma solução numérica. Também implementámos e testámos diferentes métodos numéricos com o objetivo de alta precisão.
Mesões, Teoria de Campo Efectiva, CST

Novembro 5, 2012, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Alfred Stadler

Universidade de Évora

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Maria Teresa Haderer de la Peña Stadler

Departamento de Física (DF)

Professor Associado