Dissertação

Pulsed laser deposition of thin carbon films for the reduction of secondary electron emission yield in particle accelerators EVALUATED

Uma das principais limitações para a intensidade do bunch nos aceleradores de partículas no CERN consiste no fenomeno chamado criação de nuvem de elétrons, que acontece quando os elétrons se acumulam no interior da câmara do acelerador de partículas. O mecanismo da nuvem de elétrons é erradicado quando a produção máxima de elétrons secundários (Deltamax ou SEYmax) da parede do tubo do feixe é inferior a um limiar bem definido. Os valores Deltamax podem ser obtidos pelo bakeout de alta temperatura e altas doses de bombardeio de elétrons, mas o processamento de alta temperatura não pode ser aplicado quando se tratar de materiais magnéticos, como no caso das câmaras de vácuo SPS. Outra solução possível consiste no revestimento das paredes internas da câmara com camadas finas de algumas substâncias que contribuem para diminuir substancialmente o SEY da cavidade. Neste trabalho pretende-se depositar algumas camadas finas de grafite em diferentes condições e avaliar a eficácia delas como redutores de SEY.
PLD, Carbono, Filmes finos, Acelerador de partículas

Novembro 2, 2011, 11:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Rachid Ayouchi

Departamento de Física (DF)

-

ORIENTADOR

Reinhard Horst Schwarz

Departamento de Física (DF)

Professor Associado