Dissertação

Evolution of the longitudinal profiles of high energy cosmic rays in the Pierre Auger Observatory EVALUATED

Uma síntese de raios cósmicos de alta energia e dos respectivos métodos de detecção é apresentada, bem como uma descrição detalhada do Observatório Pierre Auger. Os seus resultados mais relevantes são apresentados, com particular foco nos que dizem respeito à composição e medição da secção eficaz do protão a altas energias. É descrito o perfil longitudinal de chuveiros e as suas variáveis de forma, R e L. A parametrização de uma variável de composição R'(R, L), experimentalmente independente de Xmax, é encontrada. O comprimento de desenvolvimento da cascata, Delta, é descrito como uma função de R, com uma pequena dependência em L e na energia. A distribuição da profundidade da primeira interacção reconstruída, X1=Xmax-Delta(R,L,E), é fitada com uma exponencial convoluída com uma gaussiana permitindo uma medição da secção eficaz na amostra. Aproveitando a informação de composição em R', é possível medir, numa amostra mista de protões e núcleos de ferro, a secção eficaz de ambos. Isto é válido para energias entre 10^(18) and 10^(20) eV. Em seguida, o mesmo estudo é feito com limitações actuais em Auger de estatística e resolução do detector. Finalmente, as melhorias nos resultados introduzidas por HEAT e por um upgrade ao detector são analisadas.
raios cósmicos de alta energia, Observatório Pierre Auger, cascatas atmosféricas, interacções nucleares a alta energia

Outubro 24, 2011, 15:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

Sofia Andringa Dias

Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas

Especialista

ORIENTADOR

Mário João Martins Pimenta

Departamento de Física (DF)

Professor Catedratico