Dissertação

Stochastic Gravitational Waves from a new type of modified Chaplygin Gas EVALUATED

As ondas gravitacionais de origem cosmológica são produzidas devido a flutuações quânticas do vácuo e poderão vir a ser uma fonte importante de informação acerca do universo primordial. Neste trabalho investigamos as possíveis assinaturas no espectro de energia do fundo estocástico de ondas gravitacionais durante a transição do regime inflacionário para a fase de domínio de radiacão do Universo, assumindo uma nova unificação para o universo primordial. Tal unificação é no fundo semelhante à introduzida por Kamenshchik et al., para unificar matéria e energia escuras. Tal objectivo é alcancado introduzindo um novo modelo cosmológico que corresponde a uma modificação na equação de estado, ou, equivalentemente, na densidade de energia, conduzindo a um novo tipo de gás de Chaplygin generalizado. Neste modelo existe uma transição suave entre um universo do tipo de Sitter, e uma época de domínio de radiação, onde o conteúdo de matéria é modelado por um fluído exótico, ou, num formalismo equivalente, por um campo escalar. Desta forma, para realizar um estudo sobre o espectro de ondas gravitacionais, utilizamos o método dos coeficientes de Bogoliubov derivado por Parker, e usado pela primeira vez por Allen, para calcular o respectivo espectro de energia, tal como seria medido na actualidade, mostrando que, para a gama de altas frequências, o espectro depende fortemente de um parâmetro do nosso modelo. Por outro lado, usando vários parâmetros inflacionários, podemos efectuar um constrangimento ao modelo cosmológico, usando medições da Radiacão Cósmica de Fundo de Microondas, provenientes do WMAP.
Chaplygin Gas, Inflação, Ondas Gravitacionais Cosmológicas e Coeficientes de Bogoliubov

Novembro 11, 2009, 12:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Alfredo Barbosa Henriques

Departamento de Física (DF)

Professor Catedrático