Dissertação

Transport in the vortex state of unconventional superconductors EVALUATED

Dois modelos distintos, para o estado com vórtices num supercondutor d-wave e para um sistema de fermiões pesados na fase supercondutora, são estudados. As condutividades eléctrica, de spin e térmica para o primeiro caso são determinadas em termos das soluções de Bogoliubov-de Gennes. São obtidas aplicações da condutividade de spin no que concerne o seu desaparecimento para half-filling e a respectiva quantização devido a efeitos topológicos. A transformação de Franz-Tesanovic é descrita no âmbito de uma rede com vórtice e é aplicada ao hamiltoniano assim como às três condutividades. O hamiltoniano para o supercondutor d-wave é completado de modo a incluir impurezas no sistema. Introduzimos um método para vestir os propagadores das quasiparticulas de Bogoliubov, obtidos inicialmente para diagonalizar o hamiloniano original, e obtemos uma equação no espaço dos estados de Bogoliubov - posições que é semelhante à equação habitual para vestir as funções de Green no espaço dos momentos. Relativamente às condutividades, os primeiros dois termos da série de correcções aos vértices são calculados originando o termo de correcção obtido através da equação de Boltzmann. O sistema de fermiões pesado é estudado através do modelo de rede de Anderson com U = infty que pode ser obtido depois de introduzir o formalismo dos slave bosons. A condutividade térmica é obtida da mesma maneira que para o supercondutor d-wave utilizando a densidade de energia do hamiltoniano. Em particular, a possibilidade de escrever os propagadores em fracções parciais é fundamental já que pudemos usar as habituais somas de frequências.
correntes, condutividades, supercondutores d-wave, fermiões pesados, estado de vórtices, quasiparticulas de Bogoliubov

Outubro 30, 2009, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Pedro Domingos Santos do Sacramento

Departamento de Física (DF)

Professor Auxiliar