Dissertação

Optimização e execução experimental da técnica STIMT na microssonda nuclear do IST/CTN EVALUATED

Através de um projeto de investigação anterior já tinha sido demonstrada a exequibilidade de tomografia por STIM na microssonda do IST/CTN. O equipamento necessário foi adquirido e desenvolvido de acordo com as especificidades da técnica e da microssonda. No entanto até ao presente não era possível uma utilização prática desta técnica visto que a rotação da amostra, feita com um motor passo-a-passo, não estava automatizada o que obrigava o operador a intervir repetidamente na execuçao experimental tornando o processo mais longo e susceptível a erros. No presente trabalho repôs-se o equipamento de tomografia em funcionamento e tornou-se o processo de aquisição de dados totalmente automático através da integração do comando do motor passo-a-passo no software utilizado para comando das aquisições e processamento dos dados obtidos na microssonda, o OMDAQ. Validou-se o sistema através da aquisição e reconstrução de dados reais resultado da análise de um fio de cabelo. Previamente à reconstrução da amostra analisada, através da reconstrução de dados simulados, aferiu-se o software utilizado. Uma nova versão do OMDAQ-3 está em desenvolvimento para correção de alguns erros no software, sendo o mais significativo responsável pela perda dos dados experimentais relativos a 15 projeções de uma amostra irradiada que não foram guardados durante a aquisição.
automatização, feixe de iões, microssonda, tomografia

Outubro 19, 2020, 14:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Maria Teresa Haderer de la Peña Stadler

Departamento de Física (DF)

Professor Catedrático

ORIENTADOR

Rui Manuel Coelho da Silva

Departamento de Engenharia e Ciências Nucleares (DECN)

Investigador Principal